Levante Ideias - Domingo de Valor

Visão de longo prazo no esporte e na Bolsa

Eu sempre gostei muito de praticar esportes: jogar bola, pegar onda e pedalar. Eu já fui bastante fanático por futebol, tendo ido à duas Copa do Mundo, uma na África do Sul e a última na Rússia.

Entretanto, ultimamente eu tenho gostado muito de assistir aos jogos dos torneios de tênis da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais). Na coluna de hoje, não vou falar do título número 101 da lenda Roger Federer (o melhor de todos os tempos), mas sim do tenista brasileiro Marcelo Melo, que ficou em primeiro lugar do ranking de duplas por 25 semanas em 2015.

O Marcelo Melo tem uma trajetória diferente no tênis profissional, pois seguiu um caminho com menos fama e prêmios mais baixos no curto prazo. O patrocinador que acreditou no tenista desde o início da sua carreira é a loja de artigos esportivos Centauro.

Visão de longo prazo do patrocinador

O presidente da Centauro, Sebastião Bomfim Filho, viu o tenista mineiro Marcelo Melo, que tem mais de dois metros de altura, jogando tênis em Belo Horizonte e ficou impressionado com o seu saque e voleio. Na opinião de especialistas, seria muito mais fácil para o Marcelo Melo, pelo seu biotipo, ter destaque no tênis de duplas do que na simples.

Em 2007, a Centauro fez uma proposta de patrocínio pouco usual para o tenista ao exigir que ele jogasse apenas duplas. O contrato previa um valor inicial mais baixo, mas que ia aumentando conforme o tenista fosse subindo no ranking e com um valor definido, bem mais alto, no caso de o tenista alcançar a posição número 1 do mundo.

Disse o presidente da Centauro: “O Marcelo Melo viu a proposta com um pouco de descrença, mas eu disse que se ele não acreditar que pode alcançar a meta de ser número 1, não sou eu quem irei acreditar”.

Ao aceitar a proposta da Centauro, o tenista Marcelo Melo abriu mão da fama e de premiações mais elevadas no curto prazo — existe uma diferença enorme na premiação dos torneios simples e de duplas no tênis profissional.

O caminho até o topo do mundo

Em 2013, o patrocinado da Centauro já estava no top 10 do ranking do tênis de duplas, jogando ao lado do croata Ivan Dodig.

Em 2 de novembro de 2015, o tenista Marcelo Melo chegou ao topo do ranking do tênis de duplas da ATP. Naquele ano, Marcelo Melo venceu o aberto da França, em Roland Garros, o seu auge no tênis mundial.

Foi um longo caminho, iniciado em 2007, com 8 anos para atingir a meta de atingir o topo do ranking. O feito é impressionante – só dois outros brasileiros alcançaram essa glória: os gênios esportivos Gustavo Kuerten (Guga) e Maria Esther Bueno. 

Eu conheço o Guga, mas quem é Marcelo Melo?

O tenista Marcelo Melo tem 28 títulos na carreira, venceu dois Grand Slam (os quatro grandes torneios: aberto da Austrália, Wimbledon, na Inglaterra; Roland Garros, na França, e o Aberto dos EUA) com vitória em Roland Garros, em 2015, e Wimbledon, em 2017. Tem ainda 9 títulos de torneios master 1000. Ele ficou 25 semanas na posição número 1 do ranking de tênis de duplas, com premiação total de US$ 5,5 milhões na carreira. Atualmente, Marcelo Melo está em sexto no ranking da ATP.

Conclusão

A história do Marcelo Melo pode muito bem ser aplicada ao mundo da renda variável, especialmente o investimento em ações Small Caps.

A principal lição é que o investimento em ações, assim como no mundo do tênis, requer muita paciência, disciplina, conhecimento e visão de longo prazo.

Se o objetivo é obter retornos mais altos é preciso fazer algo diferente do consenso do mercado e assumir mais risco.

IPO da Centauro

A Levante preparou um relatório especial sobre a abertura de capital (IPO) da Centauro, com todas as informações que você precisa saber sobre a empresa. A nossa recomendação é entrar no IPO da Centauro. Baixe o relatório para saber até que preço pagar e como fazer para investir.

Small Caps

Quer saber quais são as ações com maior potencial de valorização no futuro? Conheça o novo produto de ações da Levante: a série de investimento Small Caps. Preparei um desconto especial para os leitores da coluna. Basta acessar o link e inserir o cupom DOMINGODEVALOR no lugar indicado (válido por 24 horas).

Minha missão é te ajudar a entender mais sobre investimentos em ações, por meio do Value Investing e da análise fundamentalista. Por isso, continue acompanhando a minha coluna e não esqueça: se você ficou com alguma dúvida, é só mandar um e-mail para eduardo.guimaraes@levante.com.br.

Conte comigo e bons lucros em 2019.

Um grande abraço,
Eduardo Guimarães

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Política sem Aspas, por Felipe Berenguer
Política Sem Aspas

Qual Terceira Via? | Política sem Aspas

Expressão largamente utilizada nos noticiários e na política brasileira, especialmente nesta última década, a “Terceira Via” foi consagrada a partir de teoria elaborada por um

Read More »
Levante Ideias - Câmara dos Deputados
E eu com isso

Rumo ao plenário

Na esteira do que antecipamos nesta quinta-feira (23), a comissão especial da Câmara dos Deputados aprovou a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) 32/2020, que

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.