Levante Ideias - Domingo de Valor

Ibovespa despenca e dólar dispara: o que esperar dos mercados brasileiros? | Domingo de Valor

Se você já acompanha o mercado há algum tempo, deve ter notado que a Bolsa brasileira não tem o hábito de emendar feriados.

Na última sexta-feira (22), enquanto muitos investidores brasileiros estavam com os pés na areia olhando as ondas se quebrarem ao chegar à praia, a Bolsa amargava duras perdas enquanto o dólar disparava frente ao real.

Com a agenda de indicadores doméstica esvaziada, o tom negativo dos mercados internacionais contribuiu para a derrocada do Ibovespa – principal índice de ações da B3.

Isso porque membros do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) têm dado sinais cada vez mais claros de que a instituição deve acelerar o ritmo de alta dos juros nas próximas reuniões.

Na quinta-feira (21), o presidente do Fed, Jerome Powell, disse que uma alta de 0,5 ponto percentual na reunião de maio “está na mesa”, corroborando o discurso de outras autoridades monetárias do país, como é o caso de James Bullard, do Fed de St. Louis.

Conforme a inflação não dá trégua na maior economia do planeta, cresce a expectativa por uma resposta mais rigorosa na forma de elevação dos juros para além do patamar considerado neutro, que estaria entre 2,25 a 2,5 por cento ao ano, segundo especialistas.

Com a perspectiva de juros elevados no maior mercado acionário do mundo, investidores tendem a adotar uma postura mais cautelosa, visando uma menor exposição ao risco oferecido por mercados em desenvolvimento, como é o caso do Brasil.

Por aqui, o presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, disse que o Comitê de Política Monetária (Copom) estará pronto para agir em caso de choques inflacionários mais duros ou mais persistentes do que o esperado.

A recente fala de Campos Neto contradiz as sinalizações de que o ciclo de alta dos juros que vem sendo conduzido pelo Copom desde março de 2021 estaria próximo do fim, e traz ainda mais incerteza para o mercado brasileiro de ações.

Tendo em vista a alta volatilidade da Bolsa e a imprevisibilidade com relação à política monetária tanto no Brasil quanto no exterior, é importante conhecer estratégias de investimento capazes de capturar boas oportunidades no curto prazo.

 

Aqui na Levante temos a estratégia ideal para o momento atual.

Estamos falando do Trade dos 5 Dias, um método exclusivo capaz de capturar ganhos de até +15 por cento em 5 dias úteis na Bolsa de Valores.

Esse método foi desenvolvido pelo Enrico Cozzolino, Head de Análise da Levante e TOP 3 Trader do mercado brasileiro em rentabilidade.

Enrico seleciona no mínimo 4 oportunidades em ações no fim de semana, e as recomenda para você na segunda.

Você faz o investimento, volta à sua rotina normal, e na sexta recebe um alerta de encerramento…

Encerra as operações em poucos minutos e coloca lucro no bolso.

E o ciclo se repete.

Com O Trade dos 5 Dias, você vai buscar ganhos pontuais e rápidos no mercado de ações de maneira consistente.

Sem apostas mirabolantes.

Neste exato momento, Enrico está selecionando ao menos 4 oportunidades para a semana que começa.

Ele vai recomendar essas ações amanhã de manhã para seus seguidores, e ainda dá tempo de você fazer isso.

Clique aqui para saber como participar do Trade dos 5 Dias e receber as recomendações da semana que começa.

 

Atenciosamente,

Equipe Levante

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.