Levante Ideias - Domingo de Valor

Desdobramento de ações não gera valor para as empresas

Na coluna de hoje irei falar sobre o desdobramento de ações das empresas na bolsa de valores e, também, sobre a percepção equivocada dos investidores pessoas físicas de que, sempre que ocorre um desdobramento de ações de uma empresa na Bolsa, os papéis ficam mais “baratos” e ocasionam uma valorização nas ações.

Discordo totalmente da crença acima e pretendo explicar a minha opinião utilizando exemplos bem simples.

Eduardo, por que as ações sobem na Bolsa?

A minha resposta padrão sempre foi: “as ações sobem na B3 porque há mais compradores do que vendedores”. É o “senhor mercado” que determina quando uma ação está quente e sendo procurada na Bolsa, não é mesmo?

Sob a ótica da análise fundamentalista, existem dois motivos básicos para a alta no preço da ação: crescimento maior do lucro da empresa no futuro e a disposição do mercado em pagar múltiplos mais altos pela companhia.

Portanto, as ações sobem quando o mercado pensa que o preço da ação da empresa está abaixo do seu preço alvo. Como diria Buffett: “preço é o que você paga, valor é o que você recebe”.

Desdobramento de uma ação é como reduzir tamanho de embalagem

Irei explicar o desdobramento de uma ação e o tamanho do lote padrão negociado na bolsa de valores por meio de um exemplo bem simples: barras de chocolate que são vendidas no supermercado.

Antigamente, as barras de chocolate tinham 200 gramas de peso, sendo as mais clássicas: Alpino, Diamante Negro e Laka.

Com o tempo, as empresas foram diminuindo o tamanho da embalagem até que, atualmente, as barras de chocolate têm de 80 a 90 gramas.

Com a crise econômica, aumento dos custos e da inflação, as empresas acabaram por reduzir o tamanho da embalagem e o preço do produto, com objetivo de manter o seu volume de vendas.

Porém, na prática, isso representou muitas vezes um aumento de preço quando consideramos o preço do chocolate por quilo. As empresas não divulgaram essa informação, pois o objetivo era de que seus consumidores continuassem as gastar aqueles recursos com chocolate.

Confira o artigo completo no site da Investing.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Levante Ideias - Congresso Nacional
E eu com isso

Não olhe para Brasília

Agosto, mês de desgosto. Esse velho ditado indica que os prognósticos para o oitavo mês do ano não são dos melhores. Há várias explicações para

Read More »
Levante Ideias - Congresso Nacional
E eu com isso

Terreno perigoso

Após o diagnóstico sobre a cifra elevada de pagamento de precatórios no Orçamento de 2022, os dois principais articuladores do governo (Ciro Nogueira, do PP

Read More »
Levante Ideias - Petróleo
E eu com isso

Resultados da BP do 2T21

A gigante do petróleo BP (BP) apresentou nesta segunda-feira (2), após o fechamento dos mercados, seus resultados do 2T21. Os números vieram fortes, bem acima

Read More »
Cielo - CIEL3 - E Eu Com Isso - Levante Investimentos
E eu com isso

Resultados da Cielo (CIEL3) do 1T21

Nesta segunda-feira (2), a Cielo (CIEL3), maior adquirente da América Latina, divulgou seus resultados do primeiro trimestre do ano. Os números mostraram uma continuidade no

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.