Levante Ideias - Bitcoin moeda

10 fatos sobre o Bitcoin

O Bitcoin tem crescido muito ao longo dos anos e, com isso, tem cada vez mais atraído investidores.

A criptomoeda funciona como um dinheiro comum, mas, diferente das moedas que conhecemos, o Bitcoin não é vinculado a nenhum governo.

Assim como todo investimento, conhecer como surgiu e como funciona é essencial para começar a se aventurar no mundo das criptomoedas.

O sistema, apesar de já ser muito comentado no mercado financeiro, ainda levanta algumas dúvidas aos investidores.

Acompanhe mais abaixo.

O Bitcoin foi uma resposta à crise financeira de 2008

Você provavelmente já era nascido(a) e deve se lembrar da crise de 2008, considerada a pior crise financeira desde 1929.

A crise de 2008 começou em razão da especulação imobiliária nos Estados Unidos. Foi a chamada bolha, causada por um aumento expressivo nos valores dos imóveis.

A elevação dos preços levou ao colapso do setor, pois a supervalorização dos imóveis não foi acompanhada pela capacidade financeira dos cidadãos de arcar com os custos de suas hipotecas.

Com o aumento dos juros, as hipotecas acabaram não tendo a liquidez esperada levando à riscos de calote de empréstimos hipotecários de alto risco, também chamados de subprime.

Satoshi Nakamoto

A crise fez com que algumas pessoas confiassem mais no Bitcoin do que no sistema financeiro convencional, porque o “dinheiro real” provou não ser confiável. O white paper do Bitcoin foi publicado por Satoshi Nakamoto – criador da criptomoeda que usou esse pseudônimo para se manter no anonimato – em um fórum de criptografia em 2008.

De acordo com Satoshi (que ainda está para ser identificado), o Bitcoin é “uma versão puramente ponto a ponto do dinheiro eletrônico que permite pagamentos on-line de uma parte para outra sem passar por uma instituição financeira.”

Satoshi Nakamoto: Bitcoin x Ações

Bitcoins não oferecem dividendos ou potenciais futuros dividendos, logo não são como as ações. São mais como um colecionável ou commodities

Moeda descentralizada

O Bitcoin não pertence a um governo ou a alguma empresa.

Moeda descentralizada - Levante Ideias

O Bitcoin é uma moeda e também um sistema de pagamentos

O Bitcoin funciona como um dinheiro comum, assim como dólar, euro ou real, mas não é uma moeda ligada a nenhum governo ou banco.

As transações feitas em Bitcoin são mediadas por computadores ao redor de todo o mundo, chamadas de “transações ponto a ponto” ou peer to peer (P2P). Mineração é o processo de validação das transações, e os usuários que validam são chamados de mineradores. O incentivo para manter a rede em funcionamento é que, validadas as transações, os mineradores recebem bitcoins como recompensa.

Ativo cíclico

A cada 4 anos, as recompensas para as mineradoras são reduzidas pela metade, o que influencia nos preços do Bitcoin.

O Halving (do inglês “Half”, que significa metade) é o processo que acontece a cada 4 anos e que reduz pela metade a recompensa gerada pela rede para o trabalho dos mineradores. Esse processo influência nas quantidades de novas moedas que circulam no mercado, o que por lei da oferta e da demanda, interfere na cotação do Bitcoin.

A cada 4 anos, uma vez ocorrido o Halving, o Bitcoin entra em um ciclo de alta. Um dos motivos das altas históricas do Bitcoin em 2021 foi o último Halving que ocorreu em 2020. Por ser um ativo cíclico, é importante não cair na ilusão de que o Bitcoin subirá para sempre em linha reta. Esse entendimento do ciclo econômico permite uma melhor alocação do ativo.

Ativo Cíclico - Levante Ideias

Escassez e valorização no longo prazo

Escassez e valorização no longo prazo - Levante Ideias

Fórum onde Satoshi Nakamoto publicou sobre as propriedades do Bitcoin, no dia 31 de Outubro de 2008, às 14:10.

 

Detalhes técnicos do projeto

Diferente de moedas fiduciárias como dólar, euro ou real, o Bitcoin é uma moeda digital que não pode ser impressa de forma infinita.

Uma das propriedades do Bitcoin é a sua escassez. Ao todo, existem apenas 21 milhões de unidades a serem mineradas. Como qualquer ativo escasso, esse limite de emissões implica na valorização no longo prazo, embora essa valorização não seja em linha reta.

Este artigo é uma versão reduzida do Report Completo sobre o assunto produzido pela Analista de Criptomoedas da Levante, Fernanda Guardian.

Para baixar o Report Completo gratuitamente e ler o conteúdo completo, basta clicar aqui!

Divisibilidade

Uma propriedade essencial do Bitcoin como forma de pagamento.

No momento em que escrevo este texto, 1 BTC equivale à R$ 289 mil reais.

As recentes máximas históricas do Bitcoin podem levar à dúvida de que uma pessoa precisa ter, por exemplo, mais de R$ 200 mil para investir no ativo.

Entretanto, uma das propriedades do Bitcoin é a sua divisibilidade: trata-se de uma moeda divisível em até 8 casas decimais. Dessa forma, não é necessário comprar 1 bitcoin inteiro. É possível investir em frações de bitcoin (0.00000001 BTC, por exemplo).

As exchanges são as plataformas de negociação de criptoativos e elas estipulam os valores mínimos de aplicação.

Divisibilidade - Levante Ideias

Unidades de medida do Bitcoin: cada casa decimal corresponde à um Satoshi.

 

Volatilidade

O Bitcoin é um ativo volátil e sua cotação pode variar para cima ou para baixo em valores significativos em um único dia.

Do ponto de vista de desenvolvimento de moeda, um ativo pode levar anos, décadas ou até milênios para se desenvolver como reserva de valor, meio de troca e unidade de conversão. Seria uma expectativa irrealista achar que o Bitcoin não enfrentaria nenhuma volatilidade com apenas 12 anos de existência.

Volatilidade - Levante Ideias

Correções negativas que existiram no último ciclo de alta do Bitcoin, em 2017.

 

Institucionais

Institucionais - Levante Ideias

Em todo ciclo de alta, ocorre um aumento de institucionais na rede do Bitcoin

As linhas laranjas do gráfico abaixo indicam a entrada de empresas, fundos de investimentos, tesourarias e instituições ligadas à Blockchain, a rede do Bitcoin. Em todo ciclo de alta, ocorre um aumento significativo desse movimento.

Institucionais - Levante Ideias

Bitcoin: Entities Net Growth (7d Exponential Moving Average).
Fonte: Glassnode

Longo Prazo

O que acontecerá quando o último Bitcoin for minerado? A rede deixará de existir?

Longo prazo - Levante Ideias

O último Bitcoin será minerado por volta de 2140

A expectativa é que o último Bitcoin seja minerado por volta do ano de 2140, mas isso não significa que a rede deixará de existir.

Hoje, os mineradores recebem como recompensa bitcoins e as taxas de transação, que correspondem à 3% das recompensas totais.

Quando o último Bitcoin for minerado, essas taxas corresponderão à 100% e o aumento da concorrência da rede levará à um aumento dessas taxas de transação. As validações da rede vão continuar acontecendo, porque o incentivo à mineração continuará existindo.

Este artigo é uma versão reduzida do Report Completo sobre o assunto produzido pela Analista de Criptomoedas da Levante, Fernanda Guardian.

Para baixar o Report Completo gratuitamente e ler o conteúdo completo, basta clicar aqui!

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Levante Ideias - Cosan
E eu com isso

Fundo da Cosan amplia portfólio

A Cosan (CSAN3), veículo de investimento (holding) com foco em energia, agronegócio e infraestrutura que controla empresas como Raízen (RAIZ4) e Rumo (RAIL3), anunciou via

Read More »
Levante Ideias - Dinheiro
E eu com isso

Acordo para precatórios

Após uma série de discussões de bastidor, os Três Poderes vão caminhando em direção a uma solução para os precatórios no Orçamento de 2022. A

Read More »
Levante Ideias - Evergrande
E eu com isso

A Evergrande não é tão grande

O conglomerado chinês Evergrande (3333.HK) pode, sem exagero, ser considerado um império. É a segunda maior incorporadora chinesa. Emprega 200 mil pessoas e gera 3,8

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.