PsA

Todo carnaval tem seu fim

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

O carnaval deste ano me fez lembrar de Jânio Quadros, 22º presidente do Brasil. O político foi eleito em 1960 com aproximadamente 41% dos votos, desbancando o sucessor de Juscelino Kubitschek, Henrique Teixeira Lott (PSD).

Jânio foi uma surpresa à época. Juscelino era querido por uma grande massa e acelerou muitos investimentos no país. O custo dos “50 anos em 5”, no entanto, foi o fim de mandato com alto endividamento e inflação no país. Nesse contexto, o PSD não conseguiu emplacar seu candidato.

Leia o meu artigo completo no site da Investing.

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Recomendado para você

A Levante traz as melhores ideias de investimento

Arriscar ou ser conservador?

Por Denis Matheus, auditor sênior Está em dúvida entre comprar uma bicicleta ou casar? Este questionamento no mundo dos investimentos é muito mais comum do

Detox financeiro

Os últimos textos da newsletter tiveram um claro enfoque no governo Bolsonaro e, principalmente, na reforma da Previdência. Na semana passada, fiz uma análise (na maior sobriedade

Fechar Menu

Fechar Painel