Política sem Aspas, por Felipe Berenguer

Todo carnaval tem seu fim

O carnaval deste ano me fez lembrar de Jânio Quadros, 22º presidente do Brasil. O político foi eleito em 1960 com aproximadamente 41% dos votos, desbancando o sucessor de Juscelino Kubitschek, Henrique Teixeira Lott (PSD).

Jânio foi uma surpresa à época. Juscelino era querido por uma grande massa e acelerou muitos investimentos no país. O custo dos “50 anos em 5”, no entanto, foi o fim de mandato com alto endividamento e inflação no país. Nesse contexto, o PSD não conseguiu emplacar seu candidato.

Leia o meu artigo completo no site da Investing.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Política sem Aspas, por Felipe Berenguer
Política Sem Aspas

Recesso, pero no mucho…

Existe, no imaginário popular, uma ideia fixa que procura associar o recesso parlamentar à inatividade de políticos de Brasília. De fato, os corredores do Congresso

Read More »
Levante Ideias - Inflação
E eu com isso

Inflação supera expectativas

A sexta-feira começa com a divulgação do IPCA-15 (Índice de Preços ao Consumidor Amplo – 15) de 0,72% em julho, levemente abaixo do 0,83% de

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Fechar Menu

Fechar Painel