(Antônio Cruz/Agência Brasil)

O previdente presidente

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Vamos combinar. Finalmente chegamos ao último fim de semana das eleições. Eu não aguentava mais escrever e você não aguentava mais ler artigos, notícias e reportagens sobre as eleições deste ano.

É claro, todo o furor se justifica. O pleito de 2018 vem depois de uma forte ressaca do impeachment de Dilma. Não deve ser nada trivial enfrentar esse desafio do pós-Dilma-Temer. Mais cabeludo ainda será comandar um país cuja história coleciona 30 e poucos anos de democracia e duas destituições presidenciais.

 

Para continuar a ler o artigo, acesse aqui o nosso Blog no Infomoney.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Recomendado para você

Petrobras: STF decidirá sobre refinarias

Nesta quarta-feira (30) recomeça o processo de julgamento e votação dos ministros do Supremo Tribunal Federal a respeito da legalidade do processo de venda da

Risco fiscal e aumento da dívida pública

Na coluna de hoje, vou falar sobre a deterioração das contas públicas do Governo Federal, o aumento do déficit público, a consequente alta nas taxas

Fechar Menu
Fechar Painel