A Levante traz as melhores ideias de investimento

Aprenda a planejar a aposentadoria

Você já deve estar cansado de ver na TV e na internet notícias sobre a reforma da previdência. Pois é. Como a previdência social brasileira há alguns anos vive uma situação muito delicada, você precisa se programar desde já para não depender dela. Assim, é preciso aprender a planejar a aposentadoria.

A primeira regra aqui é clara: quanto mais cedo você começar a investir na sua aposentadoria, maior será a renda que terá lá na frente.

=> BAIXE O MANUAL DE DIVIDENDOS

Afinal, você quer ficar na fila do banco esperando para sacar a merreca que vai sobrar pra você ou prefere estar viajando pelo mundo ou curtindo os netos?

Optar pelos planos dos bancos é uma opção cômoda, mas não muito rentável, já que as taxas de administração geralmente são muito altas e acabam comendo as rentabilidades.

Se você não quer arcar com isso, prepare-se para colocar a mão na massa e começar a gerir os seus recursos da melhor forma.

Estabeleça objetivos

Para começar, o primeiro passo é estabelecer metas. Quanto você quer acumular e em quanto tempo?

Se você quer uma renda complementar de R$ 3 mil, por exemplo, é razoável considerar aplicações que paguem ao menos 0,5% ao mês, já descontando as taxas. Com isso, a meta é alcançar um total de R$ 600 mil.

Assim, poupando R$ 300 por mês durante 30 anos, você chegará ao valor desejado.

E lembre-se: quanto mais longe da aposentadoria você estiver, menos terá de aplicar mensalmente.

Conheça algumas opções

Com taxas baixas de administração, o Tesouro Direto é uma das melhores opções para o pequeno investidor. Afinal, o que você prefere: pagar 4% de taxa em um fundo de previdência privada ou 0,1% de comissão no Tesouro?

No caso do Tesouro IPCA, que paga a inflação mais um prêmio em juros, os vencimentos chegam a ser até em 2050, um prazo compatível com quem está pensando em aposentadoria.

Lembre-se sempre de escolher o título que mais casa com o seu objetivo, mas é aconselhável que você procure diversificar também os prazos de vencimentos.

Ah, e não podemos esquecer de considerar o investimento em ações. O percentual que será aplicado em renda variável vai depender do perfil de risco que você tem e de quanto tempo você tem até a sua aposentadoria.

Se você é conservador, ter cerca de 10% em ações é uma quantidade razoável.

Lembre-se sempre que é preciso ter uma disciplina maior para aplicar todo mês se você optar por se preparar sozinho para a aposentadoria.

Depois de aprender a planejar a aposentadoria, conte sempre com a Levante para aprender a investir de forma simples e descomplicada! Curta nossas páginas nas redes sociais e fique ligado nas nossas novidades.

Bons investimentos!

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Política sem Aspas, por Felipe Berenguer
Política Sem Aspas

Recesso, pero no mucho…

Existe, no imaginário popular, uma ideia fixa que procura associar o recesso parlamentar à inatividade de políticos de Brasília. De fato, os corredores do Congresso

Read More »
Levante Ideias - Inflação
E eu com isso

Inflação supera expectativas

A sexta-feira começa com a divulgação do IPCA-15 (Índice de Preços ao Consumidor Amplo – 15) de 0,72% em julho, levemente abaixo do 0,83% de

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Fechar Menu
Fechar Painel