Levante Ideias - Trump Preocupado

Xadrez em Washington

As surpresas da eleição americana continuaram durante a apuração da quarta-feira (4). A probabilidade de vitória do candidato Joe Biden aumentou ao longo do dia, com o democrata vencendo em estados-chave como Michigan e Wisconsin. Essas vitórias elevaram para 253 o número de delegados de Biden, ante 214 delegados para Donald Trump, que busca a reeleição, segundo o jornal The New York Times. A apuração prossegue nesta quinta-feira, com a contagem dos votos enviados pelo correio. A disputa deve ser acirrada em Nevada, na Georgia e na Pensilvânia, capazes de decidir a eleição.

Enquanto os votos são contados, os analistas calculam os próximos lances do xadrez político que deve se desenrolar em Washington de agora em diante. Apesar de a probabilidade de uma vitória de Biden ter aumentado, tornou-se menos provável a hipótese da chamada “onda azul”, o cenário em que, além da Presidência, os democratas manteriam a maioria na Câmara dos Deputados e a conquistariam no Senado. Alguns candidatos democratas ao Senado foram derrotados, o que garante a maioria republicana e estabelece um freio em propostas ruins para as empresas.

Isso está animando as ações na manhã desta quinta-feira, com altas fortes na Ásia (1,7 por cento em Tóquio, 3,2 por cento em Hong Kong) e de mais de 1,5 por cento em Frankfurt durante a manhã. Também estimulou um avanço dos contratos futuros do Ibovespa, do índice americano Standard & Poor’s e dos American Depositary Receipts (ADR) brasileiros (Leia mais abaixo).

Além de a possibilidade de um maior equilíbrio de forças políticas, os investidores se animaram com as perspectivas de um avanço adicional nos pacotes de estímulo à economia americana. Nesta quinta-feira se encerra a reunião do Fomc, o Copom americano. Apesar de não esperarem mudanças na política monetária nem nas taxas de juros, os investidores ficarão muito atentos às declarações do presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), Jerome Powell. Ele poderá defender novas medidas para combater o impacto econômico do crescimento dos casos de infecção pelo coronavírus. Apenas na quarta-feira (4), os Estados Unidos registraram mais 108 mil novos infectados, com mais 1.200 vítimas fatais. A progressão quase geométrica da segunda onda da Covid-19, turbinada pelas aglomerações políticas, pode levar a medidas adicionais de isolamento social, comprometendo a retomada da economia. Com isso, esperam-se mais medidas de estímulo.

As notícias de maioria republicana no Senado e as expectativas de mais medidas de estímulo à economia animaram os investidores. No início da manhã, os contratos futuros de Ibovespa e do índice americano S&P 500 estavam com altas superiores a 1,5 por cento. Os American Depositary Receipts (ADR) de empresas brasileiras negociadas nos Estados Unidos avançavam 3,2 por cento.

* Este conteúdo faz parte do nosso boletim diário: ‘E Eu Com Isso?’. Todos os dias, o time de analistas da Levante prepara as notícias e análises que impactam seus investimentos. Clique aqui para receber informações sobre o mercado financeiro em primeira mão.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Levante Ideias - Cosan
E eu com isso

Fundo da Cosan amplia portfólio

A Cosan (CSAN3), veículo de investimento (holding) com foco em energia, agronegócio e infraestrutura que controla empresas como Raízen (RAIZ4) e Rumo (RAIL3), anunciou via

Read More »
Levante Ideias - Dinheiro
E eu com isso

Acordo para precatórios

Após uma série de discussões de bastidor, os Três Poderes vão caminhando em direção a uma solução para os precatórios no Orçamento de 2022. A

Read More »
Levante Ideias - Evergrande
E eu com isso

A Evergrande não é tão grande

O conglomerado chinês Evergrande (3333.HK) pode, sem exagero, ser considerado um império. É a segunda maior incorporadora chinesa. Emprega 200 mil pessoas e gera 3,8

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.