Levante Ideias - UnitedHealth

UnitedHealth procura comprador para a Amil Saúde

A gigante de saúde americana, UnitedHealth (UHS) está negociando a venda do controle da Amil dez anos após sua aquisição, com o intuito de reduzir suas operações no Brasil. A companhia já passou adiante a carteira de planos individuais para a APS, e agora negocia a saída do comando do negócio, que tem 5,7 milhões de usuários. No passado, o grupo americano pagou caro pela aquisição, cerca de R$ 10 bilhões.

Segundo fontes de um jornal, os grandes grupos de saúde do país, como SulAmérica (SULA11) e Bradesco Seguros já foram sondados, mas a disputa estaria entre a rede de hospitais Rede D’Or (RDOR3) e a família Bueno, dos fundadores da Amil, que também são controladores da Dasa (DASA3).

A estratégia de saída da Amil vem como última opção de uma série de tentativas de realizar um turnarond na operação da empresa. Desde a aquisição, a americana UHG não conseguiu reverter a situação da adquirida, tendo tentado uma reestruturação que passou desde corte de pessoal até a troca de executivos.

Depois, tentou implementar no Brasil a Optum, empresa de tecnologia especializada em saúde que é sucesso nos EUA, mas que não teve sucesso no Brasil. Atualmente, a UHG está avaliada em US$ 445 bilhões e teve um lucro de mais de US$ 4 bilhões só no ano passado.

E Eu Com Isso?

Só com os planos individuais, que já vinham sendo deixados de lado em relação aos corporativos, a UHG já gastou R$ 3 bilhões para passar os beneficiários à APS, uma vez que a operação era deficitária. Além disso, o negócio envolveu quatro hospitais situados em São Paulo e Curitiba, que são os mais utilizados pelos clientes individuais dos planos.

Este conteúdo faz parte da nossa Newsletter ‘E Eu Com Isso’.

e-eu-com-isso

Leia também: Grande demais para ignorar.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Recomendado para você

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.