bndes

Suzano negocia ações do BNDES

Segundo informações de mercado, a oferta subsequente de ações (follow-on) da Suzano (SUZB3) – totalmente secundária cuja finalidade era viabilizar a saída do acionista BNDESPar – foi precificada a 46 reais por ação. Este preço indica um desconto de pouco mais de 1 por cento, dado que as ações SUZB3 fecharam cotadas a 46,50 na quinta-feira (1).

Além disso, a expectativa é que tenha sido alocado também o lote adicional. Assim, foi vendido o total de 150.217.425 ações, movimentando pouco mais de 6,9 bilhões de reais no mercado.

As ações associadas à oferta passarão a serem negociadas na B3 a partir do dia 5 de outubro. O lock-up da oferta do varejo, que corresponde ao período em que o investidor fica impedido de vender tais ações, encerra-se no dia 1º de novembro.

Até o dia 18 de setembro, data em que foi divulgado o prospecto oficial da oferta, as ações da Suzano (SUZB3) estavam com desempenho mensal praticamente estável. Porém, a partir de tal data, as ações passaram a cair e fecharam o mês com queda de 9,2 por cento, mesmo com uma valorização do dólar de 2,5 por cento no mês.

Acreditamos que houve uma pressão vendedora relevante no preço das ações após o anúncio desta oferta bastante grande. Logo, esperamos um desempenho positivo para as ações da Suzano (SUZB3) no curto prazo.

Com a alocação do lote adicional, o BNDESPar “zerou posição” na Suzano (SUZB3), cuja parcela no capital era de 11 por cento.

Acreditamos que este fato é positivo para a companhia, visto que aumentará i) o free float das suas ações (parcela de ações em livre circulação), ii) a pulverização da base acionária e iii) liquidez (volume de negociações) das ações no mercado.

Também avaliamos como positiva as ofertas de ações que o BNDES vem realizando ao longo deste ano, reduzindo ou até mesmo de desfazendo integralmente das suas participações nas companhias brasileiras de capital aberto. Este movimento aumenta a transparência do ambiente de negócios brasileiro e dá indícios de uma política industrial mais igualitária/horizontal.

Ademais, a venda das ações pode ser uma fonte de recursos interessante para o caixa da União, posto que o BNDES pode distribuir seus lucros em forma de dividendos. Esta prerrogativa é bastante interessante, em especial no momento atual de turbulência nas contas públicas e a ameaça de um deslize fiscal voltar à tona.

* Este conteúdo faz parte do nosso boletim diário: ‘E Eu Com Isso?’. Todos os dias, o time de analistas da Levante prepara as notícias e análises que impactam seus investimentos. Clique aqui para receber informações sobre o mercado financeiro em primeira mão.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Levante Ideias - Selic
E eu com isso

A Selic vai subir 1%

Na terça-feira (03) e na quarta-feira (04) haverá mais uma reunião do Copom (Comitê de Política Monetária). Desde a edição passada, em junho, estava mais

Read More »
Levante Ideias - Congresso Nacional
E eu com isso

Sempre o fiscal

A semana começa movimentada no cenário político, com a volta das atividades legislativas e investidores de olho no quadro fiscal de 2022, a ser definido

Read More »
Levante Ideias - Robinhood
E eu com isso

IPO da Robinhood

A Robinhood (HOOD), polêmica corretora americana voltada ao investidor pessoa física, estreou na NASDAQ na última sexta-feira (30), em uma sessão bastante volátil. Após chegar

Read More »
Copel - E Eu Com Isso - Levante
E eu com isso

Copel vai vender Compagas

Dois eventos ocorridos recentemente parecem ter, enfim, destravado o processo de privatização da Compagas, distribuidora de gás canalizado controlada pela Copel (CPLE6), tendo também como

Read More »
Levante Ideias - Papel
E eu com isso

Resultados da Irani (RANI3) do 2T21

A Irani (RANI3), empresa de papel e celulose focada em papel para embalagem, divulgou na última sexta-feira (30) seus resultados referentes ao segundo trimestre deste

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.