santos

Santos Brasil (STBP3): Operação em portos assegurada durante pandemia

Santos Brasil (STBP3): Operação em portos assegurada durante pandemia

O presidente Jair Bolsonaro publicou no sábado (4) a Medida Provisória 945/2020 com regras para garantir a segurança dos trabalhadores do setor portuário nos serviços considerados essenciais, ampliando as garantias de que as operações portuárias não serão afetadas pela atual crise da Covid-19.

A medida altera a forma de escalação dos trabalhadores avulsos, que realizam operações de carga e descarga sob demanda nos portos públicos brasileiros. Até então, eles poderiam ser escalados em meio a grandes aglomerações nos terminais, o que não é recomendável por conta da pandemia do novo coronavírus.

O texto permite ainda que os operadores portuários possam contratar livremente trabalhadores com vínculo empregatício para serviços de movimentação de cargas, bloco, estiva, conferência de carga, conserto de carga e vigilância de embarcações no caso de indisponibilidade de trabalhadores avulsos. O prazo máximo do contrato será de 12 meses, estando clara a transitoriedade da medida em razão da pandemia.

A MP 945 também autoriza a cessão de uso especial de pátios sob a administração militar, de forma gratuita, às empresas brasileiras prestadoras de serviço de transporte aéreo público durante o período da pandemia.

A notícia beneficia principalmente nas ações de Santos Brasil (STBP3), única empresa de operação portuária com capital aberto na bolsa. As empresas aéreas também devem ser impactadas positivamente, mas em menor escala, já que a medida ajuda, mas não resolve a situação do setor.

Com a MP, os órgãos gestores de mão de obra (OGMOs) deverão realizar a escalação com o uso de novas tecnologias, por meio eletrônico de forma remota, que permita ao profissional somente comparecer ao porto no momento efetivo da execução do trabalho.

A MP lista uma série de situações em que os OGMOs não poderão escalar trabalhadores, como no caso daqueles que apresentam sintomas de gripe ou resfriado ou estejam diagnosticados com covid-19, gestantes ou lactantes, pessoas com sessenta anos ou mais e quem tenha imunodeficiência, doenças respiratórias ou doenças preexistentes crônicas ou graves.

Nesses casos, os trabalhadores terão direito de receber indenização compensatória mensal de 50 por cento da média mensal recebida entre 01 de outubro de 2019 e 31 de março de 2020. O custo com o pagamento das indenizações será suportado pelos operadores portuários que requisitarem os trabalhadores, que terão direito a desconto nas tarifas portuárias em valor equivalente ao da indenização a ser paga, ou reequilíbrio de seus contratos.

Em 2020, Santos Brasil (STBP3), Gol (GOLL4) e Azul (AZUL4) recuam, respectivamente, 54,4, 74,3 e 75,8 por cento. A diferença está no impacto da oferta e demanda entre os setores. O setor de aviação reduziu sua oferta de voos e a demanda caiu 90 por cento, enquanto o setor de portos continuou operando todo o tempo, ainda que com algum volume reduzido no primeiro trimestre de 2020 e no mês de abril. Para maio, Santos Brasil já informou que não ainda houve nenhum cancelamento.

* Este conteúdo faz parte do nosso boletim diário: ‘E Eu Com Isso?’. Todos os dias, o time de analistas da Levante prepara as notícias e análises que impactam seus investimentos. Clique aqui para receber informações sobre o mercado financeiro em primeira mão.

Leia também:Construção civil: obras podem parar em 11 municípios de São Paulo

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

E eu com isso

STF decide reeleição

Como esperado, já se iniciou o julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) para definir se os presidentes da Câmara e do Senado podem concorrer à

Read More »
eletrobras
E eu com isso

Privatização da Eletrobras

Uma das medidas mais urgentes para conter o avanço da dívida pública nos próximos anos é a venda de ativos e privatizações por parte do

Read More »
E eu com isso

Aquisição do Grupo Dasa

Na quinta-feira (03), após o fechamento do mercado, o grupo Dasa (DASA3) comunicou a aquisição do Grupo Leforte, dono de três hospitais e de cinco

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Fechar Menu

Fechar Painel