Levante Ideias - Uber

Resultados da Uber do 4T21

A Uber (UBER) apresentou, nesta quarta-feira (9), após o fechamento do mercado, os seus resultados do quarto trimestre e fechamento anual. Os números vieram bons, com uma receita acima das expectativas, porém, uma margem operacional levemente abaixo do esperado e11, pela segunda vez desde sua abertura de capital na bolsa, lucro contábil positivo.

A Uber Technologies Inc. encerrou as vendas brutas (pré-comissão das plataformas) de 4T21 em US$ 25,9 bilhões: aumento de 51% na comparação contra o 4T20. A receita foi de US$ 5,8 bilhões, aumento de 83% na comparação anual, ajudado principalmente pelo segmento Delivery (Uber Eats) que cresceu no período mais de 75%.

O resultado operacional medido pelo Ebit foi negativo em US$ 550 milhões, com margem Ebit negativa de 9,5%, levemente abaixo das expectativas que gravitavam no negativo de US$ 490,6 milhões.

Entretanto, se desconsiderarmos itens não-recorrentes e sem efeito caixa, a companhia encerrou o trimestre com um Ebitda ajustado positivo de US$ 86 milhões, demonstrando continuidade na melhora de seu caixa operacional ajustado, iniciada no trimestre anterior. Pela segunda vez no ano, a companhia registrou lucro líquido, totalizando mais de US$ 892 milhões.

E Eu Com Isso?

Com as devidas ressalvas, o resultado da Uber veio bom, com crescimento constante da receita, um break-even no caixa operacional ajustado e, pela segunda vez no ano, lucro contábil positivo. O tom empolgante deve impulsionar os preços das ações da Uber (UBER) no curto prazo, que vem apresentando bons resultados mesmo com as dificuldades da pandemia.

Este conteúdo faz parte da Newsletter ‘E Eu Com Isso’.

e-eu-com-isso

Leia também: Uber tem queda no número de motoristas.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.