Banco Itaú - Logo

Resultado do Itaú

O Itaú Unibanco (ITUB4) divulgou o resultado do 2T20 nesta segunda-feira (3), após o fechamento do mercado. Os resultados vieram em linha com expectativas. O lucro gerencial foi de 4,205 bilhões de reais no trimestre, confirmando os prognósticos. O retorno sobre o capital próprio (ROE) foi de 13,5 por cento no trimestre, uma forte redução em relação ao ROE de 23,5 por cento no trimestre anterior.

O destaque positivo foi a redução significativa da Provisão para Devedores Duvidosos em relação ao trimestre anterior, apesar da alta no número em relação ao ano passado e do controle das despesas operacionais.

A carteira de crédito teve forte expansão de 20,3 por cento em relação ao ano anterior, beneficiada pelo crescimento da participação de grandes empresas na carteira, atingindo o total de 811,3 bilhões de reais.

No lado negativo houve queda de 10,5 por cento na receita de tarifas no trimestre, ficando estável no semestre em relação ao mesmo período do ano anterior.

A inadimplência acima de 90 dias foi de 2,7 por cento, uma queda de 0,4 pontos percentuais tanto na comparação trimestral.

De forma geral, o resultado do Itaú (ITUB4) veio alinhado às expectativas do mercado, com receitas ligeiramente menores compensadas por um controle de despesas.

As ações (ITUB4) apresentam desempenho bastante negativo em 2020: queda de 23,89 por cento, comparado à queda de 11,08 por cento do Ibovespa no período.

Acreditamos que o resultado mais negativo do segundo trimestre já está precificado e que o pior deve ter ficado para trás em termos de provisões para perdas com crédito, o que limita o impacto negativo no preço das ações do Itaú no curto prazo.

É importante ressaltar a atitude conservadora do banco de continuar realizando provisões. Apesar da queda no lucro, o Itaú agora possui um colchão de proteção de bilhões de reais para enfrentar um possível cenário econômico adverso.

O Itaú registrou 7,56 bilhões de reais em despesas com provisões para devedores duvidosos (PDD) para se proteger do impacto do coronavírus sobre clientes, alta de 71,6 por cento frente igual período de 2019. O número, entretanto, é quase 30 por cento menor do que foi provisionado no primeiro trimestre, os modelos de risco do banco reforçam que o pior parece ter passado.

A mudança do perfil da carteira de crédito também pode ser considerada como medida protetiva pelo aumento de empréstimos para grandes empresas, com a inadimplência acima de 90 dias melhorando 0,4 pontos percentuais no trimestre para 2,7 por cento.

Ainda no lado positivo, houve queda anual de 2,2 por cento nas despesas operacionais que totalizaram 12,1 bilhões de reais no trimestre.

Apesar do aumento da carteira de crédito tivemos uma redução na margem financeira com clientes, 5 por cento contra o trimestre anterior, devido à mudança do perfil de crédito, que migrou para uma maior participação de pessoas jurídicas (menor spread) e uma piora no mix de produtos oferecidos para pessoas físicas, com redução da participação do cartão de crédito.

E, por último, a menor remuneração do capital de giro proprietário, devido à redução da Selic, também influencia negativamente o resultado.

Na margem financeira com o mercado, as operações que envolvem a tesouraria proprietária foram positivas com um aumento de 72 por cento em relação ao trimestre anterior.

As receitas de serviços do banco recuaram 10,5 por cento para 9,9 bilhões de reais, afetadas pelo desempenho mais fraco de seu braço de adquirência (Rede), serviços de conta corrente e administração de recursos.

Olhando para a frente, os principais riscos para os grandes bancos são: i) aumento da concorrência; ii) novo sistema de pagamentos (PIX) e; iii) possível aumento de impostos a ser discutido no Congresso Nacional.

* Este conteúdo faz parte do nosso boletim diário: ‘E Eu Com Isso?’. Todos os dias, o time de analistas da Levante prepara as notícias e análises que impactam seus investimentos. Clique aqui para receber informações sobre o mercado financeiro em primeira mão.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Plano & Plano - E Eu Com Isso
E eu com isso

Plano&Plano: prévia do 4T20

Na terça-feira (19), após o fechamento do mercado, a Plano&Plano divulgou sua prévia operacional referente ao 4T20. Em termos de lançamentos, no acumulado do ano,

Read More »
Diversificação de Investimentos - E Eu Com Isso
E eu com isso

Diversificar é preciso

Esta quarta-feira (20) está marcada por dois eventos importantes. Um deles é a posse de Joseph Biden como 46º presidente dos Estados Unidos. Outro, mais

Read More »
Netflix - E Eu Com Isso
E eu com isso

Netflix: Resultado do 4T20

A Netflix (NFLX/NFLX34) apresentou nesta terça-feira (19), os seus resultados do quarto trimestre de 2020. A receita líquida e o resultado operacional medido pelo Ebit

Read More »
helbor
E eu com isso

Helbor (HBOR3): Prévia do 4T20

Na segunda-feira (18), após o fechamento do mercado, a Helbor (HBOR3) divulgou sua prévia operacional com os principais indicadores do último trimestre de 2020 e

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Fechar Menu

Fechar Painel