Target (TGT) - Levante Investimentos

Resultado da Target (TGT)

A Target Corporation (TGT), uma das maiores varejistas dos Estados Unidos, apresentou nesta quarta-feira (19), os seus resultados do primeiro trimestre fiscal de 2021. Os números vieram fortes, com especial destaque para o crescimento das receitas e para o lucro por ação.

A receita foi de 24,2 bilhões de dólares, quase 10 por cento acima das expectativas e com um crescimento de 23,4 por cento em comparação com o primeiro trimestre de 2020.

A margem operacional, por sua vez, foi de 9,8 por cento, salto de mais de 7 pontos percentuais frente ao 1T20. A melhora veio tanto da margem bruta, que passou de 25 para 30 por cento devido tanto à melhora de mix de produtos quanto à diluição das despesas com vendas, gerais e administrativas, que representou 20,1 por cento da receita um ano atrás e 18,6 por cento neste trimestre.

O lucro por ação foi ajustado foi de 3,69 dólares, mais de cinco vezes superior ao apresentado no mesmo período do ano anterior. Esperava-se um lucro por ação em torno dos 2,40 dólares.

Ainda de acordo com o release de resultados, a companhia ganhou 1 bilhão de dólares em participação de mercado no período. Também foi atualizado o guidance para os próximos trimestres: crescimento comparável de receitas de 5 a 10 por cento no 2T21; margem operacional entre 7,2 e 10 por cento no 2T21; crescimento de um dígito nos dois trimestres subsequentes ao 2T21 e margem operacional no ano completo de 7 a 8 por cento.

E Eu Com Isso?

O resultado da Target veio forte: crescimento do top-line acima do esperado, ganho de margens, dados operacionais saudáveis e um guidance animador. Acreditamos que as ações TGT serão impactadas positivamente na sessão desta quarta-feira (19).

Detalhes operacionais: o crescimento das receitas em lojas comparáveis foi de 18 por cento; no digital, o crescimento foi de 50 por cento. O aumento no tráfego das lojas foi de 17 por cento; o aumento no ticket-médio foi de 5 por cento e o aumento no número de serviços “same-day” (mesmo dia) foi de 90 por cento.

O varejo além da Amazon: a Target opera nos Estados Unidos há mais de um século, através de um modelo tradicional de lojas físicas e com vendas exclusivas de algumas marcas. São quase 2 mil lojas e mais de 400 mil empregados no país.

De acordo com a companhia, 95 por cento das vendas são realizadas de alguma forma pelas lojas físicas (vendas na loja, envio direto da loja ou ship from store entre outras modalidades). Dá-se o nome de operação “multicanal” esta integração entre os canais físicos (lojas) e os canais digitais (e-commerce).

Este conteúdo faz parte da nossa Newsletter ‘E Eu Com Isso’.

Para ficar por dentro do universo dos investimentos de maneira prática, clique abaixo e inscreva-se gratuitamente!

e-eu-com-isso

Leia também: Resultado do Jack in the box (JACK).

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Levante Ideias - Selic
E eu com isso

Fim de festa ou ponto de compra?

As decisões do Copom (Comitê de Política Monetária) e do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) divulgadas na quarta-feira (16) vieram ao encontro das

Read More »
Levante Ideias - Dinheiro
E eu com isso

Reajuste para servidores

Na contramão do que foi acordado com o ministério da Economia e de olho nas eleições de 2022, o presidente Bolsonaro pediu ao ministro Paulo

Read More »
Levante Ideias - Tik Tok
E eu com isso

ByteDance (TikTok): Dados Financeiros

Segundo informes financeiros enviados aos empregados e divulgados pelo Wall Street Journal, a ByteDance, dona do aplicativo TikTok e outros, apresentou forte crescimento de resultados

Read More »
Levante Ideias - Banco Inter
E eu com isso

Inter na disputa das corretoras

Em meio a um acirramento da disputa no mundo das corretoras, com XP (XP:NASDAQ) e BTG Pactual (BPAC11) competindo pelos escritórios de agentes autônomos (AAIs), o

Read More »
Levante Ideias - Linx (LINX3)
E eu com isso

Cade aprova compra da Linx

Nesta quarta-feira (16), o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) aprovou, sem restrições, a compra da desenvolvedora de software de gestão para o varejo Linx

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Fechar Menu

Fechar Painel