jbs-div

Resultado da JBS

A JBS divulgou o resultado do 2T20 nesta quinta-feira (14), após o fechamento do mercado. Os números vieram acima das expectativas em termos de receita, Ebitda lucro líquido e, principalmente, geração de caixa e margem Ebitda.

Os destaques positivos foram os resultados das unidades de negócio: JBS USA Beef (45 por cento das vendas), JBS Brasil (13 por cento das vendas) e JBS USA Pork (12 por cento das vendas).

A margem Ebitda consolidada foi de 15,5 por cento no trimestre, com geração de caixa livre de 9,5 bilhões de reais.

O destaque negativo ficou para a Pilgrim’s Pride (focada em produção e processamento de frango nos EUA), que teve receita, em dólares, em linha com o mesmo trimestre de 2019, porém com margem Ebitda menor.

O resultado líquido da companhia também foi positivo, com bons números operacionais e grande parte de sua receita em dólares, atingindo 3,4 bilhões de reais um resultado 54,8 por cento maior do que os 2,18 bilhões apresentados no mesmo trimestre de 2019.

Esperamos impacto positivo no preço das ações da JBS (JBSS3) no curto prazo, pois a companhia mostrou um bom resultado operacional, com aumento em suas margens e forte geração de caixa.

No ano as ações da JBS têm resultado em linha com o Ibovespa, apresentando desvalorização de 12,16 por cento contra 13,13 por cento do índice.

A empresa reportou uma receita líquida de 67,6 bilhões de reais, um incremento de 32,9 por cento ante o mesmo período de 2019. As operações nos EUA tiveram suas receitas em dólares praticamente em linha com 2019, porém com o aumento do dólar no período tivemos impacto positivo nas receitas em reais.

A operação brasileira (Seara e JBS Brasil) apresentou crescimento de receita impactado pelo melhor mix de produtos e aumento de suas exportações.

O Ebitda ajustado foi de 10,49 bilhões um crescimento de 105,9 por cento em comparação ao primeiro trimestre de 2019. A margem Ebitda foi de 15,5 por cento contra 10 por cento do mesmo trimestre de 2019.

A JBS USA aumentou seu spread, ou seja, a empresa conseguiu comprar o gado com preços menores e conseguiu repassar um aumento de preço para seus consumidores esse aumento possibilitou melhoria na margem Ebitda para 20,4 por cento, um aumento de 11,4 pontos percentuais quando comparado ao mesmo trimestre de 2019.

A JBS Brasil foi outro destaque positivo, porém o principal responsável pelo aumento de margem foram as exportações para o mercado asiático (51 por cento da receita), que possibilitou ganhos com a valorização do dólar e aumento de preços, a margem Ebitda ajustada atingiu 12,4 um aumento de 7,7 pontos percentuais.

A geração de caixa operacional da companhia atingiu 11,4 bilhões de reais enquanto a geração de caixa livre 9,5 bilhões.

A dívida líquida saiu de 44,4 bilhões de reais em junho de 2019 para 54,5 bilhões no final de junho/20. Esse aumento da dívida é explicado variação cambial, já que quando olhamos para os números em dólares enxergamos uma contração de 14,8 por cento. Com isso, a relação dívida líquida/Ebitda fechou 2T20 em 2,10 vezes, abaixo dos 2,78 vezes de 2019, essa redução aconteceu pelos números operacionais muito fortes reportados pela companhia. Em dólares a relação despencou saindo de 2,81 vezes para 1,75 vezes

A JBS apresentou números operacionais fortes na maioria de suas unidades de negócios com forte geração de caixa e diminuição de sua alavancagem. Esperamos que nos próximos trimestres os números voltem para a normalidade, principalmente na unidade de USA Beef onde o ciclo deve continuar positivo (preço do gado estável ou em declínio) porém com aumento de oferta que deve diminuir o spread alcançado.

Porém mesmo em um cenário de normalidade a empresa deve continuar entregando bons resultados operacionais, com forte geração de caixa, o que deve possibilitar à companhia a diminuir ainda mais o seu nível de endividamento e possivelmente aumentar o pagamento de dividendos.

* Este conteúdo faz parte do nosso boletim diário: ‘E Eu Com Isso?’. Todos os dias, o time de analistas da Levante prepara as notícias e análises que impactam seus investimentos. Clique aqui para receber informações sobre o mercado financeiro em primeira mão.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Recomendado para você

Artigos

Resultados da WEG

A Weg (WEGE3) apresentou nesta quarta-feira (21), antes da abertura dos mercados, os seus resultados referentes ao 3T20. Os números vieram bons e acima das

Read More »
Artigos

Resultados do 2T20 da CVC

A CVC (CVCB3) apresentou nesta segunda-feira (20), após o fechamento do mercado e com atraso, seus resultados do segundo trimestre de 2020. Como era de

Read More »
Política Sem Aspas

O desafio do teto – parte I

No Comentário de nº 9 da Instituição Fiscal Independente, “Considerações sobre o teto de gastos da União”, Felipe Salto, Daniel Couri e Josué Pellegrini recortam

Read More »
Fechar Menu

Fechar Painel