ant group eeci

Remuneração da Ant Group

De acordo com informações de mercado, Eric Jing – CEO do Ant Group – comunicou aos seus funcionários que a companhia está revisando a sua política de remuneração e incentivos para os próximos meses. Os bônus costumam ser pagos no mês de abril.

Em 2018, a fintech gigante chinesa foi avaliada em cerca de 150 bilhões de dólares. No ano passado, às vésperas do seu IPO, a companhia chegaria com valor de mercado próximo aos 300 bilhões de dólares. A listagem foi cancelada devido a problemas de regulação junto aos órgãos responsáveis chineses.

Muitos dos 16 mil funcionários possuem ações da companhia, recebidas por meio dos programas de remuneração via ação (no mercado internacional, Stock Based Compensation, ou simplesmente SBC). O cancelamento da listagem acabou frustrando o grupo, pois certamente faria muitos deles os “novos ricos na China”. Agora, espera-se que a solução dada pelo Ant Group seja associada a algum programa de recompra de ações, dando, assim, liquidez às participações que os funcionários possuem na companhia.

E Eu Com Isso?

O cancelamento da listagem afetou não apenas os grandes acionistas do Ant Group, como Jack Ma, mas também o corpo de colaboradores. A solução de curto prazo para eles é interessante, mas não é o suficiente para compensar “as perdas” com o cancelamento da listagem no ano passado.

A companhia vem trabalhando muito para reestruturar o seu negócio e poder abrir o seu capital o quanto antes. Porém, a expectativa é que toda a transformação exigida pelos reguladores afete tanto a sua lucratividade quanto a sua expectativa de crescimento futuro. Logo, dificilmente o Ant Group receberá uma avaliação tão generosa quanto a de meses atrás.

O programa de remuneração via ações está em vigor desde 2014. Esta política de remuneração visa, sobretudo, atrair novos colaboradores com destaque no mercado e reter talentos. Diferentemente do bônus pago em dinheiro, esta política também cria algum alinhamento de interesses entre os sócios e os funcionários.

Entre 2017 e 2020, a companhia premiou seus funcionários por meio de ações em aproximadamente 2,3 bilhões de dólares, o que representou cerca de 4 por cento da sua receita no período. O programa reduz margem operacional, pois passa na linha despesas, embora não tenha efeito-caixa.

No cenário internacional este tipo de programa é bastante comum, e o investidor deve ficar atento, pois ao mesmo tempo que alinha interesses, ele dilui a participação do acionista na companhia. No Brasil, este tipo de programa é mais restrito, o que não costuma trazer grandes alterações na quantidade de ações das empresas.

Este conteúdo faz parte da nossa Newsletter ‘E Eu Com Isso’.

Para ficar por dentro do universo dos investimentos de maneira prática, clique abaixo e inscreva-se gratuitamente!

e-eu-com-isso

Leia mais: Números da Nvidia.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Levante Ideias - Congresso Nacional
E eu com isso

Não olhe para Brasília

Agosto, mês de desgosto. Esse velho ditado indica que os prognósticos para o oitavo mês do ano não são dos melhores. Há várias explicações para

Read More »
Levante Ideias - Congresso Nacional
E eu com isso

Terreno perigoso

Após o diagnóstico sobre a cifra elevada de pagamento de precatórios no Orçamento de 2022, os dois principais articuladores do governo (Ciro Nogueira, do PP

Read More »
Levante Ideias - Petróleo
E eu com isso

Resultados da BP do 2T21

A gigante do petróleo BP (BP) apresentou nesta segunda-feira (2), após o fechamento dos mercados, seus resultados do 2T21. Os números vieram fortes, bem acima

Read More »
Cielo - CIEL3 - E Eu Com Isso - Levante Investimentos
E eu com isso

Resultados da Cielo (CIEL3) do 1T21

Nesta segunda-feira (2), a Cielo (CIEL3), maior adquirente da América Latina, divulgou seus resultados do primeiro trimestre do ano. Os números mostraram uma continuidade no

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.