A Levante traz as melhores ideias de investimento

Reformas, sim! – 23/09

Reformas, sim!

Que venha a reforma tributária! Simplificar a tributação pode gerar um impacto muito positivo para a economia como um todo. Empresários e consumidores serão beneficiados com as reformas. O governo ganha com a redução de sonegações. 

Estudo elaborado pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro deu números ao impacto econômico de uma reforma tributária. O consumo poderia aumentar em até 123 bilhões de reais, com a criação de 300 mil empregos. Isso tudo considerando apenas as sinergias criadas pela reforma, sem nenhum aumento de imposto. 

No longo prazo, os impactos devem ser ainda maiores. Uma estrutura de tributos bem organizada e de fácil compreensão permite um maior planejamento e, também, uma melhor previsibilidade de investimentos em ativos reais, reduzindo até mesmo o custo da burocracia.

A semana inicia com um tom de preocupação na Europa. O índice de confiança da manufatura (PMI) da Zona do Euro desacelerou para 45,6 em setembro. A expectativa era de 47,3. O PMI de serviços também decepcionou. Os dados abaixo reforçam a cautela com a economia da região.

Continuamos com os outros pontos de atenção a serem monitorados: Guerra Comercial, após a China ter ido embora de reunião com os EUA antes do previsto, e juros americanos – Trump e o mercado seguem pressionando por mais cortes.

Por aqui, a semana deve ser bem agitada na política: votação da reforma da Previdência no Senado marcada para amanhã (24) e discurso de Bolsonaro nas Nações Unidas, também marcado para amanhã, às 10 horas.

Seguimos na expectativa da divulgação da Ata do Copom (Comitê de Política Monetária), que poderá dar indícios mais fortes dos próximos movimentos da taxa de juros.

Alta do dólar começa a preocupar. Uma desvalorização do real pode travar um novo corte nos juros. O relatório Focus continua revisando suas estimativas para cima – hoje, o documento divulgado pelo Banco Central apontou 3,95 reais o dólar para o fim do ano. 

Neste ambiente, teremos atuação do BC no câmbio, que irá realizar leilões (de linha) de 1,8 bilhão de dólares para conter o aumento da cotação.

E Eu Com Isso?

Os mercados seguem tensos ao redor do mundo. Hoje também teremos um dia negativo para os ativos por aqui.

Leia também: Senado a todo vapor

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Recomendado para você

Política Sem Aspas

O desafio do teto – parte II

Na primeira parte dessa dupla de textos, concentrei-me em elencar e dissertar acerca das principais regras fiscais em voga hoje no Brasil. Naquela ocasião, deixei

Read More »
Artigos

Política acima de tudo!

O mercado vive uma certa trégua em relação à volatilidade mais acentuada de algumas semanas atrás. Discussões importantes foram adiadas para depois das eleições. Quem

Read More »
tipos de ações da bolsa de valores
Artigos

Empresas preparam IPOs

Nas últimas semanas, o número de prospectos de IPO protocolados na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) aumentou em quase dez, com as companhias “aspirantes” ao

Read More »
Artigos

Resultados da WEG

A Weg (WEGE3) apresentou nesta quarta-feira (21), antes da abertura dos mercados, os seus resultados referentes ao 3T20. Os números vieram bons e acima das

Read More »
Fechar Menu

Fechar Painel