Levante Ideias - Fogos de Artifícios

Promessas de Ano Velho

Todo início de janeiro tem uma rotina parecida. É quando tentamos colocar em prática as resoluções da virada do ano. As promessas são várias. Vão desde levar uma vida mais saudável e ter mais tempo para os filhos (ou os pais), até cuidar melhor das finanças.

Nessa área, as promessas também são várias. Começar a poupar ou a investir melhor o seu suado dinheiro. Ou, para quem já investe, começar a diversificar para não perder o que parecem ser inúmeras oportunidades. Ações internacionais, fundos imobiliários, criptomoedas, commodities.

Porém, assim como o início, o fim de janeiro também é parecido. Percebemos que colocamos poucas mudanças em prática e que a vida segue como vinha seguindo no fim do ano anterior. A balança teima em não confirmar as expectativas, o equipamento esportivo comprado na Black Friday já acumula poeira e os investimentos permanecem mais ou menos onde estavam.

Isso ocorre devido a uma lei da física, a inércia. Qualquer objeto tende a permanecer na mesma trajetória se não houver nenhuma força nova atuando sobre ele. Isso vale também para a nossa maneira de fazer as coisas. Como evitar que a lei da inércia nos impeça de melhorar nossa vida financeira?

Antes de mais nada, esta segunda-feira, 3 de janeiro, não é muito diferente de, por exemplo, o dia 28 de dezembro ou o dia 8 de março de 2021. Todas elas segundas-feiras, essas datas apresentaram ao investidor o mesmo cardápio de investimentos, com oportunidades mais ou menos promissoras.

Em si, essa entidade conhecida como mercado muda pouco. Mudanças nas expectativas provocam oscilações de preço, há ativos que estão caros e outros que estão subvalorizados e notícias podem provocar solavancos nas cotações.

O ano de 2022 deve ser pródigo em solavancos, ainda mais tendo em vista a eleição presidencial. Não por acaso, a edição mais recente do Relatório Focus já mostra uma leve diminuição na expectativa de crescimento econômico para este ano. O que pode mudar, então?

O que pode mudar, cara investidora, querido investidor, é sua maneira de olhar essa entidade multifacetada, dinâmica e plural chamada mercado. O que pode melhorar é sua capacidade de interpretar as mudanças de humor e descobrir as oportunidades que se abrem todos os dias.

Para ajudar você, os analistas da Levante Ideias de Investimentos têm algumas sugestões. A principal delas é diversificar. Nunca houve tantas alternativas novas à sua disposição. Podem ser BDR (Brazilian Depositary Receipts), que são ações de empresas internacionais negociadas na B3 em reais. Podem ser ETF (Exchange Traded Funds), que são cotas de fundos que reproduzem índices de mercado, brasileiros e internacionais. Podem ser fundos imobiliários, Fiagro (fundos do agronegócio), podem ser commodities e criptoativos.

Há inúmeras alternativas que há pouco tempo só eram acessíveis a profissionais do mercado, e que agora podem ser encontradas com alguns toques na tela do seu celular. Basta um pouco de dedicação e uma mudança gradual de atitude para encontrar esses investimentos e integrá-los ao seu portfólio.

Assim, para que as promessas de Ano Novo não se percam devido à inércia, mantenha-se fiel às promessas do Ano Velho e todos os demais: buscar o melhor para o seu dinheiro.

E, para isso, conte – neste ano e nos próximos – com os analistas da Levante Ideias de Investimentos.

Relatório Focus

A última edição de 2021 do Relatório Focus, publicada nesta segunda-feira (03) pelo BC (Banco Central), mostra estabilidade nas expectativas de inflação, taxa de câmbio e taxa Selic para 2022. A única alteração nos prognósticos é mais uma leve redução no crescimento econômico previsto para o ano que se inicia.

Na edição anterior, a projeção para o PIB (Produto Interno Bruto) de 2022 era de um crescimento de 0,42%. A estimativa mais recente é de um avanço de 0,36%. Há quatro semanas, a projeção era de uma alta de 0,51%. E, a título de curiosidade, a projeção de crescimento para 2022 no fim de 2020 era de 2,5%, o que mostra como as expectativas pioraram ao longo de 2021.

E Eu Com Isso?

A primeira sessão do ano começa com uma leve alta nos contratos futuros de Ibovespa e do índice americano S&P 500, em um ambiente de liquidez ainda abaixo da média.

As notícias são positivas para a Bolsa em um cenário de volatilidade.

Este conteúdo faz parte da nossa Newsletter ‘E Eu Com Isso’.

e-eu-com-isso

Leia também: O começo de (mais) um ano desafiador | Domingo de Valor.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Recomendado para você

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.