Samsung - Levante Ideias

Projeções da Samsung 

A Samsung anunciou nesta quarta-feira (7) a projeção (guidance) para o seu resultado do primeiro trimestre de 2021. Os números vieram promissores e acima das expectativas.

A companhia espera receitas na ordem dos 65 trilhões de wons sul-coreanos, o que equivale a 58 bilhões de dólares. Caso seja confirmado esse nível de receitas, o crescimento anual será de 17 por cento. Não foram divulgados dados por segmentos, como nos relatórios de resultados. As divisões são: Eletrônicos de consumo, Tecnologia e comunicação móvel (celular) e soluções para dispositivos, onde estão inclusos os semicondutores (chips).

Em termos de resultado operacional (Ebit), espera-se 9,3 trilhões de wons, o que equivale a 8,3 bilhões de dólares. A cifra representa um crescimento de 44 por cento na comparação com o mesmo período do ano passado e ganhos de margem operacional interessantes.

O resultado completo será divulgado no dia 29 de abril.

E Eu Com Isso?

A projeção da companhia para os resultados do primeiro trimestre veio acima das expectativas do mercado. Logo, nós esperamos um movimento de revisão para cima nos resultados do primeiro trimestre da companhia e um impacto positivo no preço das ações (SMSN) no curto prazo.

Em janeiro a companhia lançou o Galaxy S21, aparelhos com tecnologia 5G embarcada e que são vendidos por mais de 5 mil reais no Brasil. O bom guidance dá indícios de que o lançamento foi bem-sucedido e o desempenho das vendas da divisão de comunicação móvel é promissor ao longo de 2021.

Ademais, a Samsung é um bom termômetro da indústria de tecnologia no mundo, visto que além de produzir celulares e uma série de eletrônicos da sua própria marca, ela também vende componentes (chip) para outras empresas.

Durante o primeiro trimestre, ela enfrentou uma série de desafios. Talvez o principal deles tenha sido o fechamento temporário da sua fábrica de semicondutores no Texas, que foi obrigada a paralisar a produção em fevereiro devido à nevasca. Em 2020 o segmento de soluções para dispositivos – onde está incluso o negócio de semicondutores – representou 43,5 por cento das receitas e 58 por cento do resultado operacional.

Os números da companhia podem balizar também as expectativas trimestrais para parte da indústria. A expectativa de resultados estava “minguando” devido aos problemas na escassez de chips, que limita o nível de produção, de vendas (receitas) e reduz a alavancagem operacional.

Este conteúdo faz parte da nossa Newsletter ‘E Eu Com Isso’.

Para ficar por dentro do universo dos investimentos de maneira prática, clique abaixo e inscreva-se gratuitamente!

e-eu-com-isso

Leia mais sobre a empresa: Samsung sem semicondutores.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Discurso de Lula - E Eu Com Isso - Levante
E eu com isso

Lula elegível

O Supremo Tribunal Federal confirmou em plenário, nesta quinta-feira (15), por 8 votos a 3, a decisão liminar proferida pelo ministro Edson Fachin há cerca

Read More »
BNY Mellon - Levante Investimentos
E eu com isso

Resultado da BNY Mellon do 1T21

O Bank of New York Mellon, ou simplesmente BNY Mellon (BK) apresentou nesta sexta-feira (16), antes da abertura dos mercados, os seus resultados do primeiro

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Fechar Menu

Fechar Painel