vale

Produção e vendas da Vale

A mineradora Vale (VALE3) divulgou seus dados operacionais de produção e vendas referentes ao segundo trimestre de 2020 na segunda-feira (20), após o fechamento do mercado. Os números relacionados a produção vieram medianos e em linha com as expectativas.

A mineradora anunciou uma produção de 67,6 milhões de toneladas de minério de ferro entre abril e junho, um aumento de 5,5 por cento na comparação com o mesmo período do ano passado e 13,4 por cento a mais que no primeiro trimestre de 2020. Apenas em junho a produção foi de 25,1 milhões de toneladas de minério de ferro, um número substancialmente superior ao nível de produção de abril e maio.

Nestes dois meses, a produção foi duramente atingida pelos efeitos da Covid-19 nas suas operações, visto que a companhia adotou políticas de prevenção bastante responsáveis para preservar a saúde dos seus colaboradores.

Já as vendas de minério de ferro foram de 54,6 milhões de toneladas no segundo trimestre de 2020, uma queda de 11,8 por cento na comparação com o segundo trimestre de 2019 e um acréscimo de 5,7 por cento no comparativo com o primeiro trimestre deste ano. Segundo a companhia, o volume de vendas 8 por cento abaixo da produção foi devido a questões logísticas e comerciais, dado que a estratégia de venda busca priorizar margens maiores dentro do seu portfólio.

A projeção de produção de minério de ferro (guidance) para 2020, que havia sido reduzida da faixa de 340 milhões a 355 milhões de toneladas da commodity para a faixa entre 310 e 330 no primeiro trimestre de 2020, permanece inalterada. Contudo, a companhia reconhece que a tendência é que o número entregue no final do ano fique mais próximo ao limite inferior da faixa.

Com o volume de produção/vendas de minério de ferro dentro das expectativas, esperamos que as ações da Vale (VALE3) tenham um desempenho em linha com o desempenho do Ibovespa nesta terça-feira (21).

As ações da Vale terão um impulso positivo extra com a alta de 2,75 por cento nos preços futuros do minério de ferro na bolsa de Dalian aos 120 dólares por tonelada.

Em 2020, as ações da Vale (VALE3) acumulam valorização de 14,1 por cento, desempenho bastante superior ao do Ibovespa, que recua 9,7 por cento no ano.

Os preços do minério de ferro se mostraram resilientes durante a crise da Covid-19, e no segundo trimestre de 2020 ficaram próximos ao patamar dos 100 dólares por tonelada no período – o que deve compensar parcialmente os volumes mais baixos de vendas. Ademais, o dólar médio mais elevado no período (de 4,46 reais no 1T20 para 5,38 reais no segundo trimestre de 2020) também deverá impulsionar o resultado do segundo trimestre da mineradora que será divulgado no dia 29 de julho.

Acreditamos que os estímulos do governo chinês, associados à recuperação mais forte da atividade econômica no gigante asiático possam manter a demanda pelo minério e os seus preços em níveis bastante favoráveis à companhia no restante do ano.

Ainda no primeiro trimestre de 2020, a Vale anunciou medidas com objetivo de reforçar o seu caixa para fazer frente às incertezas da pandemia de coronavírus, sendo a principal delas um saque de 5 bilhões de dólares em linhas de crédito rotativo, uma espécie de “cheque especial” mantido junto aos bancos. Com isso a companhia fechou o primeiro trimestre deste ano com 4,8 bilhões de dólares de endividamento líquido e uma relação dívida líquida sobre Ebitda 12 meses de apenas 0,3 vezes.

Já no começo de julho ela anunciou a captação de 1,5 bilhão de dólares via emissão de títulos nos Estados Unidos com vencimento em 2030. A sua política de endividamento será outro ponto a ficar atento nos resultados completos do segundo trimestre de 2020.

O principal catalisador das ações da Vale (VALE3) é o tamanho da sua geração de caixa nos próximos resultados, o que pode marcar a volta do pagamento de dividendos aos seus acionistas, suspensos desde a tragédia de Brumadinho.

* Este conteúdo faz parte do nosso boletim diário: ‘E Eu Com Isso?’. Todos os dias, o time de analistas da Levante prepara as notícias e análises que impactam seus investimentos. Clique aqui para receber informações sobre o mercado financeiro em primeira mão.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Recomendado para você

Artigos

Números da Vivo

A Telefônica Brasil (VIVT3/VIVT4) apresentou nesta terça-feira (27), após o fechamento do mercado, o seu resultado do 3T20 e que, na nossa avaliação, foi regular

Read More »
Artigos

BTG compra corretora Necton

Na onda de consolidação do mercado em busca de capturar o número crescente de CPFs na bolsa, o BTG Pactual fechou a aquisição da Necton

Read More »
Política Sem Aspas

O desafio do teto – parte II

Na primeira parte dessa dupla de textos, concentrei-me em elencar e dissertar acerca das principais regras fiscais em voga hoje no Brasil. Naquela ocasião, deixei

Read More »
Artigos

Política acima de tudo!

O mercado vive uma certa trégua em relação à volatilidade mais acentuada de algumas semanas atrás. Discussões importantes foram adiadas para depois das eleições. Quem

Read More »
Fechar Menu

Fechar Painel