PIB 2020 - Levante Ideias

PIB cresceu em dezembro

O país se prepara para um carnaval inédito, pois silencioso e sem folia. O pregão ficará fechado até as 13 horas da quarta-feira (17), mas Brasília e as demais economias seguirão em atividade, e daí podem vir surpresas.

Uma delas, porém, chegou antes do carnaval. Na manhã desta sexta-feira (12), o Banco Central (BC) divulgou o índice de atividade IBC-Br. Divulgado mensalmente, o indicador é considerado uma prévia do comportamento do Produto Interno Bruto (PIB). E o resultado indicou uma reversão da trajetória. Em dezembro, o resultado observado foi um crescimento de 0,64 por cento em relação a novembro. Já em relação a dezembro de 2019 o avanço foi de 1,34 por cento.

No acumulado em 12 meses, confirmando os prognósticos, o IBC-Br registrou uma retração de 4,05 por cento na atividade econômica. Foi a segunda maior queda da série histórica. Em 2015, o recuo do indicador havia sido de 4,3 por cento, segundo a série do Banco Central, que tem início em 2002.

Nunca é demais lembrar que o IBC-Br e o PIB calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) são indicadores totalmente diferentes, apesar de se debruçarem sobre uma mesma variável, que é o crescimento da economia. A disparidade entre os dois cálculos é grande, pois tanto os elementos considerados quanto as metodologias de cálculo são diferentes. O fato de o IBC-Br ser apurado mensalmente o torna um indicador mais volátil do que o PIB trimestral, em que o período mais longo suaviza as oscilações. Ainda assim, a notícia é positiva.

No entanto, a pausa prolongada no mercado pede cautela. A discussão sobre o valor e a duração do auxílio emergencial prossegue a todo vapor, assim como a forma de financiar esse programa. Na noite da quinta-feira, o presidente Jair Bolsonaro antecipou algumas características da nova rodada do auxílio. Sua proposta é pagar 250 reais por quatro meses, entre março e junho. É mais do que as três parcelas de 200 reais defendidas pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. Ao que tudo indica, enquanto o país não cai no samba, Ministério da Economia, Palácio do Planalto e as lideranças governistas do Congresso tentarão encontrar um ponto de equilíbrio entre a necessidade de poupança e a necessidade de impedir uma retração mais aguda da economia. A aprovação da autonomia do Banco Central pode até levar à expectativa de que a agenda de reformas vai avançar, mas isso ainda não está definido.

E Eu Com Isso?

Em um pregão esvaziado tanto pela aproximação do carnaval quanto pela suspensão dos negócios em parte dos mercados asiáticos devido às comemorações do Ano Novo Chinês, os contratos futuros do Ibovespa e do índice S&P 500 operam em leve baixa.

A Coluna da Denise Campos é publicada toda sexta-feira em nossa Newsletter ‘E Eu Com Isso’.

Quer receber essa e outras notícias para por dentro do universo dos investimentos de maneira prática? Clique abaixo e inscreva-se gratuitamente!

e-eu-com-isso

Leia também: Retomada em fevereiro.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Levantes Ideias - Investimento imobiliário
E eu com isso

A solidez dos imóveis

A expectativa para a reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) que se inicia nesta terça-feira (15) e terminará amanhã, quarta-feira (14) é de alta

Read More »
Levante Ideias - Auxílio Emergencial
E eu com isso

Medidas Provisórias a caminho

O governo já prepara duas Medidas Provisórias consideradas importantes para o curto prazo, sendo a primeira delas sobre a possibilidade de racionamento de energia elétrica

Read More »
Levante Ideias - Supermercado
E eu com isso

Novo spin-off do GPA

Vem sendo veiculado no mercado a possibilidade do GPA (PCAR3) realizar mais um spin-off (cisão) de uma das suas operações, a varejista alimentar colombiana Éxito,

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Fechar Menu

Fechar Painel