Levante Ideias - Petrobras

Petrobras aumenta investimentos em refino

A gigante brasileira Petrobras (PETR3/PETR4) vem aumentando seus investimentos em manutenção das refinarias. Em 2021, a companhia investiu R$ 2,3 bilhões com as paradas programadas para manutenção das refinarias e pretende chegar a R$ 2,5 bilhões em 2022, novo recorde para a empresa.

Em relação a 2020, esse número representa um crescimento de 50%. Já comparando com 2019, que apresentava o maior investimento antes de 2021, o valor investido apresenta um aumento de 20%.

As paradas programadas para manutenção são essenciais para o bom funcionamento das refinarias no longo prazo, evitando maiores complicações futuras e aumentando a vida útil do maquinário, a despeito da menor utilização no curto prazo.

Mesmo assim, o fator de utilização total (FUT) em 2021 foi o maior dos últimos 5 anos, atingindo 83%. Antes de 2017, as refinarias operavam praticamente em capacidade máxima, negligenciando as manutenções preventivas e visando apenas o ganho político.

Conforme o plano de negócios 2022-2026 divulgado pela companhia, os investimentos totais previstos no refino para este período é de US$ 6,1 bilhões, visando uma melhora de eficiência e desempenho operacional. Como destaque no plano temos i) conclusão da segunda unidade (trem) da Rnest; ii) nova unidade de hidrotratamento na Replan; e iii) integração entre a Reduc e o GasLub Itaboraí.

E Eu Com Isso?

Após muitos anos como monopolista do setor, o mercado de refino brasileiro está passando por uma transformação, principalmente com a venda de refinarias da Petrobras. Contudo, das oito unidades colocadas à venda em 2019, apenas três foram vendidas até o momento.

Este conteúdo faz parte da nossa Newsletter ‘E Eu Com Isso’.

e-eu-com-isso

Leia também: Pré-sal já representa 70% da produção da Petrobras.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.