Levante Ideias - Paz

Pacificação

Apenas dois dias após as manifestações de 7 de setembro, que marcaram o aprofundamento da crise político-institucional entre o Supremo Tribunal Federal e o Executivo, Bolsonaro recuou dos seus ataques ao Judiciário e divulgou nota sugerindo o apaziguamento entre Poderes.

Intitulado de “Declaração à Nação”, o documento afirma que o Presidente da República nunca teve a intenção de agredir quaisquer dos Poderes, que as pessoas que exercem o poder não têm o direito de “esticar a corda” e que suas palavras recentes foram proferidas no calor do momento.

Ainda, Bolsonaro reitera o respeito pelas instituições da República e diz estar disposto a manter diálogo permanente com elas “pela manutenção da harmonia e independência entre os Poderes”.

A carta veio a público após almoço do presidente com o ex-presidente Michel Temer e horas de conversas com ministros palacianos.

Bolsonaro enviou um avião para São Paulo com o intuito de buscar o ex-presidente para a conversa – e foi Temer quem redigiu um rascunho e sugeriu a publicação da carta.

Nesse contexto, o movimento de pacificação ocorreu após apelos dos principais articuladores políticos do Planalto – que entendiam a escalada da crise como um enorme passo para a paralisação política no Congresso – e avisos de líderes partidários de que, dada a conjuntura, ficaria mais difícil conter a pressão pelo avanço de pedidos de impeachment do presidente.

O recuo de Bolsonaro repercutiu positivamente no ministério da Economia, que tem uma série de propostas em tramitação no Congresso, e entre os presidentes das Casas Legislativas.

No Supremo Tribunal Federal, a nota também foi vista como um avanço nas relações com o presidente, mas ainda há desconfiança sobre o recuo de Bolsonaro.

E Eu Com Isso?

Os fortes ruídos políticos colocavam em risco a continuidade da agenda de reformas para o restante deste mandato e – mais grave ainda – praticamente inviabilizavam a solução construída entre os Poderes para os precatórios, colocando em xeque, também, o cumprimento do teto de gastos para 2022.

Com o gesto de pacificação, Bolsonaro contradiz sua postura de apenas dois dias atrás e frustra sua base mais fiel em prol de um ambiente político minimamente funcional. É por isso que a bolsa brasileira acabou repercutindo de maneira muito positiva a divulgação da nota.

Este conteúdo faz parte da nossa Newsletter ‘E Eu Com Isso’.

e-eu-com-isso

Leia também: Clima político piora perspectivas para a economia.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Levante Ideias - NFT
E eu com isso

Os NFTs são a arte do lucro

NFT parece ser a sigla de um título público. Algo como Notas Financeiras do Tesouro. Nada disso. NFT é a abreviatura de Non-Fungible Tokens, ou

Read More »
Levante Ideias - Dinheiro
E eu com isso

PEC dos precatórios

Nesta quinta-feira (16), a CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara dos Deputados votou e aprovou, por 32 votos a 26, a PEC (Proposta

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.