Levante Ideias - Supermercado

Novo spin-off do GPA

Vem sendo veiculado no mercado a possibilidade do GPA (PCAR3) realizar mais um spin-off (cisão) de uma das suas operações, a varejista alimentar colombiana Éxito, no qual o GPA detém 97% do capital social.

O Éxito é listado na bolsa de valores da Colômbia, com valor de mercado em torno de R$ 7,4 bilhões. A companhia opera também na Argentina e no Uruguai.

Com receita líquida de quase R$ 22 bilhões em 2020, é uma operação com alta eficiência, poder de marca e presença forte nos países de atuação, cobrindo todos os segmentos do varejo alimentar (desde hiper/supermercados até proximidade e atacados).

Atualmente, o GPA vale R$ 10,51 bilhões, considerando o último preço de fechamento de suas ações, ou seja, a participação do GPA no Éxito vale cerca de 70% de todo o valor de mercado da companhia.

A gestão atual do GPA tenta destravar valor da companhia por meio desses spin-offs, limpando a sua estrutura corporativa, para que sua operação principal aqui no Brasil seja corretamente precificada pelo mercado.

O sucesso da cisão com o Assaí (ASAI3) pode balizar quais serão as reações do mercado caso a cisão do Éxito venha a ocorrer.

Ainda há alguns formatos para a transação que podem ser considerados: a distribuição das ações do Éxito aos atuais acionistas do GPA, como ocorreu com Assaí, não é possível.

Está sendo estudado a possibilidade de listar as BDRs da empresa na Colômbia, ou a migração de capital da Éxito para uma bolsa de valores nos EUA e a listagem posterior de BDRs.

E Eu Com Isso?

O GPA pode ser visto como uma das empresas mais mal precificadas na Bolsa, se for considerar a participação detida no Éxito e também na Cnova, esta listada na Europa.

A somatória do valor de mercado de Éxito e Cnova, considerando a participação do GPA em cada uma já chega a mais de R$ 14 bilhões de reais, quase 40% acima do valor de mercado total do GPA hoje.

Isso implica que as operações brasileiras do GPA com marcas fortes como Extra e Pão de Açúcar, tem valor negativo, mesmo com receita líquida de mais de R$ 30 bilhões anuais e geração de caixa operacional bilionário.

Esperamos uma reação positiva nas ações da companhia (PCAR3) no curto prazo, com mais uma possibilidade de destravar valor de mercado.

Um dos pontos que esbarram na correta precificação de suas ações (PCAR3), é a liquidez de ambas as empresas subsidiárias e também na oscilação do câmbio que adiciona uma volatilidade forte na conversão do valor de mercado em reais.

O GPA já manifestou interesse em uma possível oferta secundária de ações da Cnova, que já notificou o mercado que estuda um follow-on na Europa, o que pode destravar parte do valor embutido na companhia, monetizando esse capital investido na varejista europeia.

No caso do Éxito não há motivos para que esta participação seja precificada como um simples resultado de equivalência patrimonial, dado que nos resultados totais apresentados trimestralmente, o resultado completo de Éxito está incorporado ao do GPA.

Este conteúdo faz parte da nossa Newsletter ‘E Eu Com Isso’.

e-eu-com-isso

Leia também: Resultado do Grupo Pão de Açúcar do 1T21.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Levante Ideias - Domingo de Valor
Domingo de Valor

A importância de uma palavra

Ao afirmar que o termo “transitória” deixou de se aplicar à inflação americana, Jerome Powell, presidente do Fed, provocou um terremoto no mercado   Além

Read More »
Levante Ideias - Bolsa de Valores
Artigos

Ibovespa fecha a semana em alta

Mercado Local → Ibovespa 105.069 pontos +0,58% Em dia de alta volatilidade nos mercados, as bolsas americanas viveram uma sexta-feira de quedas, após os dados

Read More »
Levante Ideias - Suzano
E eu com isso

Suzano divulga projeções de capex

A Suzano (SUZB3), maior produtora mundial de celulose, divulgou na noite desta quinta-feira (02) suas projeções de capex (investimentos em capital fixo) para 2021 e

Read More »
Levante Ideias - Braskem
E eu com isso

Braskem e Novonor

A Braskem (BRKM5) informou que recebeu da sua controladora, a Novonor (ex-Odebrecht), a informação da possibilidade da realização de uma oferta subsequente de ações (follow-on),

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.