2-warren-buffett-div

IRB Re Brasil (IRBR3) – Berkshire Hathaway de Warren Buffet nega ser acionista

IRB Re Brasil (IRBR3) – Berkshire Hathaway de Warren Buffet nega ser acionista

A empresa Berkshire Hathaway, do mega investidor Warren Buffet, divulgou comunicado em que nega ter qualquer participação societária no IRB Re Brasil (IRBR3).

Segundo o comunicado: “A Berkshire Hathaway não é acionista do IRB atualmente, nunca foi acionista do IRB e não tem intenção de se tornar um acionista do IRB”.

O jornal O Estado de S. Paulo publicou em 27/02/2020 que a companhia de Buffett teria triplicado sua posição no IRB, o que provocou uma forte alta de 6,6 por cento no preço das ações, em comparação com a queda de 2,6 por cento no Ibovespa no mesmo período.

O IRB realizou uma teleconferência com investidores na segunda-feira (2), para comentar sobre a saída do presidente do Conselho de Administração. A companhia afirmou que a Berkshire comprou ações do IRB, através da subsidiária Berkshire Hathaway International Insurance Limited. A Berkshire, que já era cliente e retrocessionária do IRB no passado, se tornou investidora e recentemente aumentou a posição.

Mais um capítulo na novela de trapalhadas e incertezas em relação ao IRB nestes últimos dias, com impacto bastante negativo para as ações da resseguradora. Mesmo com a queda de 7,75 por cento nesta terça-feira (3), esperamos mais impacto negativo no curto prazo.

A companhia tem protagonizado uma série de episódios desastrosos nas relações com investidores desde o episódio da carta da Squadra, gestora de recursos que declarou ter posição vendida nas ações do IRB e questionou a recorrência dos resultados divulgados pela resseguradora.

Não bastasse a conturbada saída de Ivan Monteiro, presidente do Conselho da Administração, que foi negada na semana passada e depois confirmada nesta segunda-feira (2), existem rumores da saída do Diretor Financeiro e de Relações com Investidores do IRB.

Acreditamos que a resposta da companhia na teleconferência de resultados do quarto trimestre de 2010 em relação aos questionamentos da Squadra foi pouco satisfatória para esclarecer os pontos questionados pelo mercado.

A recorrência do resultado líquido do IRB foi questionada e o risco do investimento nas ações do IRB aumentou bastante, com elevada volatilidade desde fevereiro.

* Esse conteúdo faz parte do nosso boletim diário: ‘E Eu Com Isso?’. Todos os dias, o time de analistas da Levante prepara notícias e análises que impactam seus investimentos. Clique aqui para receber informações sobre o mercado financeiro em primeira mão.

Leia também: IRB Brasil: Warren Buffett e saída do presidente do Conselho

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Recomendado para você

Artigos

Números da Vivo

A Telefônica Brasil (VIVT3/VIVT4) apresentou nesta terça-feira (27), após o fechamento do mercado, o seu resultado do 3T20 e que, na nossa avaliação, foi regular

Read More »
Artigos

BTG compra corretora Necton

Na onda de consolidação do mercado em busca de capturar o número crescente de CPFs na bolsa, o BTG Pactual fechou a aquisição da Necton

Read More »
Política Sem Aspas

O desafio do teto – parte II

Na primeira parte dessa dupla de textos, concentrei-me em elencar e dissertar acerca das principais regras fiscais em voga hoje no Brasil. Naquela ocasião, deixei

Read More »
Artigos

Política acima de tudo!

O mercado vive uma certa trégua em relação à volatilidade mais acentuada de algumas semanas atrás. Discussões importantes foram adiadas para depois das eleições. Quem

Read More »
Fechar Menu

Fechar Painel