Levante Ideias - Análise de dados

IPO da Dotz (DOTZ3) sai no piso

A Dotz (DOTZ3), uma das empresas pioneiras no programa de fidelidade por pontos no Brasil, conseguiu a sua abertura de capital e vai chegar na Bolsa valendo 1,75 bilhão de reais em valor de mercado.

As ações DOTZ3 foram precificadas a 13,20 reais por ação, no piso da faixa indicativa que ia até 16,60 reais, levantando 420 milhões de reais em uma oferta 100 por cento primária (injeção de caixa diretamente na empresa), no que pode ser considerada uma vitória para uma small cap, em uma janela que teve mais da metade dos IPOs cancelados, majoritariamente pelo ambiente ruim do mercado brasileiro.

A oferta original ia da faixa de 16,20 a 21,40 reais, porém sofreu uma revisão para baixo e foi alterada para uma oferta do tipo 476, restrito a investidores institucionais.

A ancoragem de cinco potências do mercado ajudou na oferta: Ant Financial (braço da gigante Ali Baba), Farallon, VELT Partners, Softbank e Fourth Sail Capital. A Ant Financial adquiriu 5 por cento da Dotz antes do IPO, com uma cláusula de opção de compra de mais 10 por cento de participação dos controladores em dois anos.

E Eu Com Isso?

Os recursos do IPO serão destinados para expandir as áreas de atuação da Dotz e se tornar uma fintech completa que possui uma boa capilaridade no varejo, gerando dados importantes de consumo de clientes, podendo usá-las para gerar uma recorrência mais eficiente em sua plataforma, assim como a venda de dados de inteligência importantes para instituições financeiras, o que já é realizado hoje pela companhia.

O grande diferencial da Dotz é o investimento da Ant Financial que possui um conhecimento e expertise em soluções financeiras para o varejo digital na China, que se assemelha com o ambiente brasileiro em vários aspectos, como a parcela grande população desbancarizada, plataforma financeira completa direto no app entre outras soluções, que podem auxiliar a Dotz a acelerar de maneira mais efetiva na expansão.

A Dotz estreia na segunda-feira (31) na B3.

A companhia chega para bater de frente com empresas já consolidadas e em forte crescimento no Brasil como a PicPay, plataformas de e-commerce com soluções financeiras (Magalupay, Banqi, AME Digital), além dos próprios bancos digitais para o varejo como a Next, Inter (BIDI11) e Nubank.

A Dotz chega ao ambiente de fintech por um caminho oposto dos tradicionais: programa de fidelidade e pontos que amplia para os serviços financeiros, enquanto os demais ainda tentam monetizar os seus canais, por exemplo, de marketplace usando o programa de pontos como alavanca principal.

Este conteúdo faz parte da nossa Newsletter ‘E Eu Com Isso’.

e-eu-com-isso

Leia também: Investir em ações não é só para quem tem muito dinheiro.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Levante Ideias - Juros
E eu com isso

A nova narrativa dos juros

A divulgação da edição mais recente do Relatório Focus nesta segunda-feira (26) mostra uma mudança nas expectativas. Não foi um movimento de ruptura. Ao contrário,

Read More »
Levante Ideias - Congresso Nacional
E eu com isso

Bola da vez

Com a reunião entre Bolsonaro e Ciro Nogueira (PI), o Partido Progressistas é a bola da vez em Brasília. O presidente da sigla deve mesmo

Read More »
Levante Ideias - Economia China
E eu com isso

Sell-off prossegue na China

Na madrugada desta segunda-feira (26), o sell-off (movimento forte e generalizado de venda dos ativos) das ações chinesas do setor de educação privada e tecnologia

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Fechar Menu

Fechar Painel