pão de açúcar

Grupo Pão de Açúcar (PCAR3): Resultado do 4T20

Na noite desta terça-feira (23), o Grupo Pão de Açúcar – GPA divulgou seus resultados do 4T20 e do consolidado de 2020, após o fechamento de mercado. Foram os primeiros resultados divulgados de maneira segregada do Assaí (ASAI3), que divulgou os resultados um dia antes, também de maneira independente, devido à cisão entre as duas companhias.

Os principais destaques positivos foram:

i) Crescimento forte de 2 dígitos na receita bruta na operação Brasil (Pão de Açúcar e Extra). Alta de 11,5 por cento no indicador Vendas em Mesmas lojas (Same Store Sales – SSS) para Brasil e 7,8 por cento para o Éxito (América Latina ex-BR). A Receita Bruta consolidada ficou em 15,4 bilhões de reais no 4T20, alcançando 55,7 bilhões de reais no ano de 2020, expansão de 12,7 por cento na comparação anual.

ii) Melhor margem para o Ebitda (métrica utilizada para geração de caixa operacional) no GPA Brasil, com 9 por cento no 4T20, além de sólida margem Ebitda também para o Éxito, com 10,6 por cento no 4T20, alcançando 1,3 bilhões de reais no consolidado das operações, com margem de 9,4 por cento. No total do ano, o Ebitda ficou em 3,9 bilhões de reais, com margem de 7,8 por cento (incremento de 0,7 pontos percentuais). O endividamento líquido ficou em -0,1 vezes o Ebitda, um nível baixíssimo, após a consolidação total do balanço da Éxito e cisão com Assaí.

iii) Crescimento forte do e-commerce do GPA Brasil, alcançando 1,1 bilhão de reais em 2020, 3 vezes maior que 2019 e com o desempenho acima do patamar de equilíbrio econômico, o que significa que o e-commerce do grupo já pode crescer com a própria geração de caixa. No Éxito o e-commerce segue crescendo forte, alcançando 2 bilhões de reais em vendas, 2,7 vezes acima do ano de 2019.

O lucro líquido consolidado alcançou 1,237 bilhão de reais, com margem de 2,5 por cento, excluindo-se os efeitos não recorrentes, 0,2 pontos percentuais abaixo de 2019, porém já em patamar melhor que o apresentado nos 9 primeiros meses de 2020.

E Eu Com Isso?

Os resultados de GPA vieram bastante positivos, com margens surpreendentes, sobretudo na operação Brasil, representando que a melhora do desempenho geral não foi somente por conta da incorporação do Éxito (com margens estruturalmente melhores que o Brasil até então), com forte geração de caixa.

O posicionamento de aplicar diferentes estratégias comerciais para cada bandeira, reforma de lojas e maior assertividade nas promoções parece começar a mostrar resultado na rentabilidade da companhia, que vinha sendo questionada pelo mercado de maneira recorrente.

Um ponto importante a se observar é o desempenho da margem bruta na operação Brasil, que apresentou crescimento expressivo de 2 pontos percentuais no 4T20, alcançando 27,1 por cento, com melhoria da estratégia comercial em cada bandeira (Pão de Açúcar, Hiper, Mercado Extra, Compre Bem e Proximidade). A continuidade dessa margem bruta em patamares próximos ao do 4T20 pode ser um importante catalisador dos resultados da empresa no futuro.

Esperamos um impacto positivo no preço das ações da companhia (PCAR3) no curto prazo com os resultados de hoje, que mostram os efeitos positivos da mudança de estratégia de longo prazo começando a dar frutos e acreditamos que os resultados positivos terão continuidade daqui em diante.

O mercado de varejo alimentar segue em rota de consolidação, com as grandes companhias ganhando participação frente às menores. A estratégia de e-commerce do GPA, além do efeito de fidelização do cliente, agora já gera caixa suficiente para crescer, melhorando ligeiramente os resultados da companhia. A alavancagem está baixa, de modo que o resultado financeiro mais benigno e o ganho de escala das operações após diversas mudanças realizadas em 2020 (reformas, processo de integração com Éxito e investimento no digital) devem impulsionar a margem líquida da companhia, que vinha em níveis abaixo dos principais concorrentes.

A cisão com o Assaí (ASAI3) deve destravar o valor das ações PCAR3, agora com balanços totalmente segregados, facilitando a avaliação de ambas as empresas, além do GPA ter mostrado que é possível crescer e gerar caixa líquido, mesmo sem o segmento de atacarejo.

Lembrando que as ações de PCAR3 serão negociadas com direito de recebimento das ações ASAI3 até o dia 26 de fevereiro (sexta-feira), com a estreia do Assaí na B3 já ocorrendo no dia 01 de março, segunda-feira.

Este conteúdo faz parte da nossa Newsletter ‘E Eu Com Isso’.

Para ficar por dentro do universo dos investimentos de maneira prática, clique abaixo e inscreva-se gratuitamente!

e-eu-com-isso

Leia mais sobre a empresa: Grupo Pão de Açúcar: Iniciativas digitais e marketplace.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Brasília - E Eu Com Isso - Levante
E eu com isso

O tempo não para em Brasília

A semana em Brasília será bastante movimentada, mesmo com o feriado nacional de Tiradentes nesta próxima quarta-feira (21). No radar, dois acontecimentos bastante importantes do

Read More »
Lojas Renner - LREN3 - Levante Investimentos
E eu com isso

Follow-on da Lojas Renner (LREN3)

Na tarde de sexta-feira (16), a Lojas Renner confirmou o planejamento de uma oferta subsequente de ações (follow-on), em resposta à notícia veiculada mais cedo

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Fechar Menu

Fechar Painel