engie-div

Engie – Resultado do segundo trimestre de 2020

A Engie Brasil (EGIE3) divulgou nesta quinta-feira (30) após o fechamento do mercado seus resultados referentes ao 2T20. Os números vieram de mediano a bons e em linha com as expectativas em termos de receita, de Ebitda, e de lucro líquido. Como era de se esperar, o impacto da pandemia foi bastante reduzido nos resultados da maior geradora de energia privada do país.

O principal destaque positivo foi o lucro líquido de 765,8 milhões de reais e seu crescimento de 98,7 por cento na comparação anual, muito embora tal resultado tenha sido beneficiado por ganhos não- recorrentes, pela apropriação dos resultados da TAG na linha de equivalência patrimonial e por uma base comparativa menor.

Ademais, outro ponto positivo foi o anúncio da aprovação do pagamento de dividendo de 0,83 reais por ação, o que equivale a um Retorno do Provento de 1,86 por cento e um percentual de distribuição de lucros (payout) de 55 por cento no primeiro semestre de 2020, em linha com o mínimo previsto pela política de dividendos da companhia.

Já o destaque negativo foi o aumento nas despesas com vendas, gerais e administrativas, que subiram 15,4 por cento na comparação com o mesmo período de 2019 e de 7,3 por cento em relação ao trimestre anterior. Embora a dinâmica setor não permita tanta flexibilidade nesta linha, temos acompanhado um esforço enorme das companhias em controlar suas despesas na conjuntura atual.

Além disso, a margem Ebitda desconsiderando a equivalência patrimonial e o ganho não recorrente com recuperação de tributos foi de 44,3 por cento, queda de 4 pontos percentuais na comparação com o 2T19.

O resultado da Engie Brasil foi mediano e esperamos impacto neutro no preço das ações EGIE3 em linha com o Ibovespa na sessão desta sexta-feira.

No ano as ações da Engie (EGIE3) recuam 12,1 por cento, desempenho inferior ao do Ibovespa, que tem perdas de 9,2 por cento e ao do índice setorial de energia elétrica (IEE), que recua 0,6 por cento.

A receita líquida foi de 2.686 milhões de reais, um crescimento de 23,4 por cento na comparação com o 2T19. Contudo, desconsiderando a receita advinda da construção de ativos de transmissão de energia e do ganho não recorrente de 100 milhões de reais via recuperação de tributos e ações judiciais a receita teria sido de 2.175 milhões de reais, praticamente estável em relação ao resultado do 2T19.

Já o Ebitda, medida de geração de caixa, fechou o trimestre em 1.431 milhões de reais, crescimento de 36 por cento com base no mesmo período de 2019 e com margem de 53,3 por cento, aumento de 5 pontos percentuais.

Porém, excluindo os ganhos não-recorrentes e a parcela da TAG no resultado de equivalência patrimonial o Ebitda teria sido de 1.190 milhões de reais, um crescimento de 13 por cento em relação a 2019, com margem Ebitda de 44,3 por cento.

A produção bruta de energia elétrica da Engie foi de 2.190 MW médios no 2T20, queda de 50,7 por cento na comparação de base semelhante. Contudo, a energia vendida foi de 4.073, 1,2 por cento a mais que no 2T19.

Aqui vale uma explicação: como a Engie possui mecanismos contratuais cujo pagamento não depende totalmente do volume de energia consumido pelo cliente, a queda na demanda dos consumidores no mercado livre trouxe um impacto apenas marginal nas suas receitas do 2T20.

A companhia passou por um período de condições hidrológicas (período seco com menos chuva) menos favoráveis neste trimestre em algumas regiões, mas a demanda fraca acabou trazendo poucos problemas nesse sentido.

Por fim a companhia fechou o trimestre com uma relação dívida líquida/Ebitda de 1,9 vezes, levemente abaixo da alavancagem do 1T20, quando a relação estava em 2,1 vezes. O nível de endividamento da Engie segue bastante confortável, bem abaixo das suas cláusulas financeiras.

* Este conteúdo faz parte do nosso boletim diário: ‘E Eu Com Isso?’. Todos os dias, o time de analistas da Levante prepara as notícias e análises que impactam seus investimentos. Clique aqui para receber informações sobre o mercado financeiro em primeira mão.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Recomendado para você

Política Sem Aspas

O desafio do teto – parte I

No Comentário de nº 9 da Instituição Fiscal Independente, “Considerações sobre o teto de gastos da União”, Felipe Salto, Daniel Couri e Josué Pellegrini recortam

Read More »
E eu com isso

Redução de jornada até dezembro

O presidente Jair Bolsonaro assinou, ontem (13) a prorrogação da redução proporcional de jornada e salários e suspensão temporária do contrato de trabalho, medidas previstas

Read More »
Fechar Menu

Fechar Painel