Santos Brasil Porto

DP World pretende expandir negócio no Brasil

A DP World, empresa global do setor de logística portuária e operadora de um dos principais terminais do porto de Santos, pretende ampliar sua atuação no Brasil. O novo presidente da companhia, Fábio Siccherino, ressalta que há duas estratégias para a atuação no país: “a diversificação de cargas e a formação de uma cadeia logística internacional”

A companhia, que possui sua sede em Dubai, chegou ao Brasil em 2013 como minoritária em uma operação em parceria com a Odebrecht. No fim de 2017, a companhia assumiu o controle da operação e passou a tentar diversificar suas receitas que eram anteriormente focadas em contêineres. As operações no Brasil ainda não obtiveram lucro, muito devido ao alto índice de endividamento em dólar da companhia.

A DP World segue avaliando novos terminais com diferentes aplicações, com destaque para os granéis líquidos, mas sem descartar outros segmentos de carga, como o geral, granéis sólidos.

E Eu Com Isso?

A notícia não deve impactar de maneira significativa no preço das ações das empresas do setor de portos, como a Santos Brasil (STBP3) no mercado, porém se mostra interessante pois reforça a tese de um aumento das exportações no Brasil, o que no longo prazo pode beneficiar diversos setores da economia. Mesmo sem obter lucro no Brasil até aqui, a companhia ainda vê o País como um bom mercado potencial com a possibilidade de expansão em diversos setores que já vem apresentando resultados.

A companhia firmou uma parceria com a Suzano (SUZB3), que teve início em abril de 2020 e hoje já representa 17 por cento de suas receitas. Em novembro do ano passado a companhia passou a avaliar a construção de terminais de grãos e fertilizantes em Santos em parceria com a Rumo (RAIL3), braço logístico da Cosan (CSAN3).

Outro projeto que chama a atenção, apesar de ainda em fase de estudos, é o início de uma operação voltada para o transporte de gás natural. O setor passou por um processo de desregulamentação que resultou na entrada de novas empresas de gás no país, a ideia da companhia é tentar replicar algo semelhante à sua parceria com a Suzano (SUZB3).

Este conteúdo faz parte da nossa Newsletter ‘E Eu Com Isso’.

Para ficar por dentro do universo dos investimentos de maneira prática, clique abaixo e inscreva-se gratuitamente!

e-eu-com-isso

Leia também: Santos Brasil (STBP3) prorroga arrendamento em Santos.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

TIM Brasil
E eu com isso

Exclusividade da TIM (TIMS3) 

A TIM Brasil (TIMS3) anunciou ao mercado quinta-feira (4) da semana passada, que fechou um contrato de exclusividade para a venda de parcela da FiberCo,

Read More »
banco central
E eu com isso

Bancos centrais na sinuca

Contrariando as expectativas de uma tramitação lenta, o Senado americano foi ágil e aprovou o pacote de ajuda econômica de 1,9 trilhão de dólares no

Read More »
E eu com isso

Negócios da GE Capital e AerCap

Segundo informações de mercado, a GE Capital – divisão de serviços financeiros da General Eletric (GE) – está próxima de fechar um acordo de combinação

Read More »
E eu com isso

Combate à crise

O governo deve reforçar a reedição de medidas para fazer frente à crise da Covid-19, após uma deterioração significativa da pandemia no Brasil. Segundo o

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Fechar Menu

Fechar Painel