Levante Ideias - Senado

Contando votos

Com votação prevista para o fim de novembro no Senado, a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) 23, que trata dos precatórios da União, segue sendo um desafio para o governo. Agora, o Planalto vai projetando votos para saber se a matéria terá condições de ser aprovada na Casa Alta do Congresso – já tendo passado pela Câmara.

Até agora, o Executivo reconhece que não tem votos suficientes para atingir o mínimo necessário: a maioria qualificada, ou 49 votos, quando existem mudanças constitucionais. De acordo com interlocutores do governo, a planilha de votos da base aliada hoje contabiliza 48 votos favoráveis.

O clima, no entanto, não é de desespero nos corredores de Brasília. A PEC ainda passará pela CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado – que deve ser composta de modo a favorecer a aprovação do parecer com tranquilidade – mas também há expectativas acerca da articulação política do presidente Rodrigo Pacheco (PSD-MG) em favor da aprovação do texto, que deve ocorrer enquanto ele não chega no plenário.

Outro aspecto que pode ser decisivo na contagem de votos é eventual mudança na PEC para atender demandas do funcionalismo público. Nesta segunda (15), Bolsonaro deu a entender que poderia utilizar o espaço fiscal aberto para conceder reajuste à categoria, que teve seus salários congelados nesses últimos dois anos.

O trabalho para aprovação da PEC segue sendo focado nas três grandes bancadas partidárias do Senado: MDB, com 15 titulares; PSD, com 12 titulares e PSDB, que conta com 6 titulares. Alguns quadros, como o senador Renan Calheiros (MDB-AL) já são considerados perdidos, mas outros são passíveis de conquista.

O calendário prevê votação da PEC na CCJ no dia 24 de novembro e encaminhamento para votação em plenário no dia 29 ou 30 de novembro. Caso o texto sofra alterações (com exceção de apenas exclusões no projeto original), ele retorna para a Câmara para apreciação.

E Eu Com Isso?

Os cálculos do governo estão em linha com a projeção feita na coluna deste último sábado, do Política Sem Aspas. Entendemos que a PEC deve prosperar tanto pela articulação do presidente da Casa quanto pelo tamanho menor de membros do Senado e da bancada oposicionista, que conta, atualmente, com menos de 10 votos contrários sistematicamente.

Este conteúdo faz parte da nossa Newsletter ‘E Eu Com Isso’.

e-eu-com-isso

Leia também: Não tenha medo do dragão americano | Domingo de Valor.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Levante Ideias - Vacina Moderna
E eu com isso

E se as vacinas não funcionarem mais?

As declarações de Stéphane Bancel, principal executivo do laboratório americano Moderna, estão provocando fortes solavancos nos mercados internacionais na manhã desta terça-feira (30). Em média,

Read More »
Levante Ideias - Congresso Nacional
E eu com isso

Emendas ficam

O Congresso Nacional aprovou, nesta segunda-feira (30), o Projeto de Resolução 4/2021, que viabiliza o pagamento de emendas de relator e busca adaptar tal modalidade

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.