Valores em Gráfico representando Índice

Bons números de 2020

Os três grandes bancos privados brasileiros divulgaram seus resultados do quarto trimestre e do acumulado de 2020 ao longo desta semana. Na terça-feira (02) foi o Itaú Unibanco (ITUB4), e na quarta-feira (03) foi a vez de Santander Brasil (SANB11) e Bradesco (BBDC4). Somados, os três grandes lucraram 16,2 bilhões no quarto trimestre e 48,4 bilhões no acumulado de 2020.

Uma simples comparação entre os números poderia fazer supor que o ano passado foi tenebroso para os resultados dos bancos. No quarto trimestre, o resultado acumulado dos bancos recuou 8,6 por cento em relação ao mesmo período de 2019. No acumulado do ano, a queda foi ainda mais expressiva. Ao longo dos 12 meses do ano retrasado, os grandes bancos haviam lucrado um recorde de 68,2 bilhões de reais. Ou seja, o resultado caiu 29 por cento.

Porém, quando se lembra do que ocorreu em 2020, essa queda merece ser comemorada. A pandemia trouxe desafios inéditos para as empresas e para seus gestores. A passagem do tempo torna as imagens menos nítidas, mas é sempre bom lembrar que em março e em abril a economia brasileira simplesmente deixou de funcionar. Os mercados ficaram tão agitados que, pela primeira vez na história, a B3 interrompeu os negócios por duas vezes no mesmo pregão. Tudo fazia prever uma onda de inadimplência que se espalhasse pela economia. No entanto, apesar disso, as empresas brasileiras foram capazes de enfrentar os desafios.

O melhor exemplo até agora – confirmado pela concretude dos números – são os resultados dos bancos. As instituições financeiras foram cautelosas ao longo do ano passado. Elevaram suas provisões para devedores duvidosos, antecipando-se aos efeitos danosos da pandemia sobre a economia. Cortaram custos. Apostaram pesado na intensificação das transações digitais e remotas, e não hesitaram em reduzir redes de agências, enxugar estruturas e reduzir custos. Os resultados estão aí, à vista de todos: mesmo em queda, os lucros foram bastante sólidos.

O tempo é o senhor da razão. Vários meses atrás, quando os rugidos da crise atemorizavam os agentes do mercado, nós, da Levante Ideias de Investimentos montamos o Gabinete Anti Caos e reforçamos nossa mensagem de otimismo para com a economia e para com as empresas brasileiras. Frisamos que a crise era grave e não poderia ser tomada de maneira leviana, mas que também apresentava uma oportunidade de entrada em empresas de qualidade. E os resultados dos bancos para 2020 confirmam nossa tese de que, no longo prazo, a estratégia de investir em boas empresas brasileiras nos preços corretos será sempre vencedora.

E Eu Com Isso?

A quinta-feira promete ser uma sessão de volatilidade, apesar de o cenário no longo prazo ser promissor. O dia será definido pelos números do seguro-desemprego nos Estados Unidos, que serão divulgados ainda na parte da manhã.

Este conteúdo faz parte da nossa Newsletter ‘E Eu Com Isso’.

Para ficar por dentro do universo dos investimentos de maneira prática, clique abaixo e inscreva-se gratuitamente!

e-eu-com-isso

Leia também: Esperança renovada.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Política sem Aspas, por Felipe Berenguer
Política Sem Aspas

Qual Terceira Via? | Política sem Aspas

Expressão largamente utilizada nos noticiários e na política brasileira, especialmente nesta última década, a “Terceira Via” foi consagrada a partir de teoria elaborada por um

Read More »
Levante Ideias - Câmara dos Deputados
E eu com isso

Rumo ao plenário

Na esteira do que antecipamos nesta quinta-feira (23), a comissão especial da Câmara dos Deputados aprovou a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) 32/2020, que

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.