André-Mendonça-fabio-rodrigues-pozzebom-ag-brasil

Bolsonaro nomeia André Mendonça para a Justiça

O presidente da República, Jair Bolsonaro, oficializou na manhã desta terça-feira os novos nomes para o cargo de ministro da Justiça e Segurança Pública e diretor-geral da Polícia Federal. Como antecipamos ontem, o escolhido para chefiar a PF é mesmo Alexandre Ramagem.

Já para o Ministério da Justiça, após conversas durante toda a segunda-feira, o presidente bateu o martelo e optou por indicar o atual advogado-geral da União, André Luiz Mendonça. Mendonça é advogado da União desde 2000, evangélico e considerado extremamente leal ao presidente, mas não tão íntimo quanto Jorge Oliveira, até então o nome preferido do presidente. 

A nomeação seguiu as diretrizes gerais estabelecidas por Bolsonaro. Apesar de não ter escolhido alguém extremamente próximo, como seria o caso com Jorge Oliveira, o presidente foi o último a bater o martelo ao optar por Mendonça e vetou alguns nomes mais técnicos para o Ministério da Justiça, que estavam sendo ventilados por outras alas do governo. Um dos lados positivos da escolha é que o novo ministro tem mais trânsito fora do governo, por exemplo, em órgãos como o STF.

* Este conteúdo faz parte do nosso boletim diário: ‘E Eu Com Isso?’. Todos os dias, o time de analistas da Levante prepara as notícias e análises que impactam seus investimentos. Clique aqui para receber informações sobre o mercado financeiro em primeira mão.

Leia também: Gabinete Anticaos – Ep. 31

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Recomendado para você

Artigos

Resultados do 2T20 da CVC

A CVC (CVCB3) apresentou nesta segunda-feira (20), após o fechamento do mercado e com atraso, seus resultados do segundo trimestre de 2020. Como era de

Read More »
Política Sem Aspas

O desafio do teto – parte I

No Comentário de nº 9 da Instituição Fiscal Independente, “Considerações sobre o teto de gastos da União”, Felipe Salto, Daniel Couri e Josué Pellegrini recortam

Read More »
Fechar Menu

Fechar Painel