Levante Ideias - Roupas

Arezzo negocia ativos após captar R$ 833,7 milhões

Com caixa reforçado após follow-on, a Arezzo (ARZZ3) pretende usar cerca de 50% dos recursos captados para novas aquisições. Com o preço por ação definido em R$ 82,35, a companhia captou R$ 833,7 milhões na oferta subsequente de ações (follow-on), mediante a emissão de 10.125.000 novas ações ordinárias. Em razão do aumento do capital social da Arezzo, o novo capital social da companhia passou a ser de R$ 1,64 bilhão dividido em 109.796.219 ações ordinárias.

A Arezzo está mapeando oportunidades e novas aquisições devem expandir a presença da companhia em segmentos que têm apresentado crescimento relevante nos últimos anos, como o de vestuário feminino premium, mercado que movimenta cerca de R$ 15,4 bilhões.

Antes conhecida como uma companhia especializada em calçados, a Arezzo tem se posicionado como uma house of brands (grupo de marcas), com diferentes grifes dentro do seu ecossistema de negócios, incluindo marcas como Schultz, Alexandre Birman e Ana Capri.

O CEO da Arezzo, Alexandre Birman, reforçou a estratégia da companhia de investir em marcas autorais com o objetivo de acelerar a proposta de se tornar uma house of brands, ao invés de operar somente uma rede única. As últimas aquisições da Arezzo têm se mantido alinhadas à sua estratégia desde a aquisição da Reserva em 2020, passando pela marca de streetwear Baw e mais recentemente da Carol Bassi, focada em moda feminina.

Também faz parte do plano estratégico da Arezzo a aquisição de unidades fabris para dar maior suporte ao seu crescimento em categorias específicas.

E Eu Com Isso?

O aumento de capital deve contribuir significativamente para a execução dos planos de crescimento da Arezzo, ainda mais considerando que não é uma empresa endividada com alta alavancagem. Outro ponto positivo é de que a emissão de novas ações deve aumentar a liquidez da Arezzo na Bolsa, tornando a ação mais atrativa.

Este conteúdo faz parte da nossa Newsletter ‘E Eu Com Isso’.

e-eu-com-isso

Leia também: Arezzo aprova follow-on e estuda novas aquisições em vestuário.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.