A Levante traz as melhores ideias de investimento

Dia das Bruxas: Seus investimentos estão mortos?

É comemorado no dia 31 de outubro o Halloween (conhecido por aqui como Dia das Bruxas). Apesar de a data não ser amplamente celebrada por aqui, em outros países como os Estados Unidos ou Irlanda (que inclusive deu origem à celebração), a festa é grande.

Um tanto quanto controversa, a sua história tem origem na Irlanda de um festival do povo celta, a celebração do Samhain. O termo significa o “fim do verão”, que marcava o início do inverno, das colheitas e o início do ano celta que, de acordo com o calendário gregoriano, começava no dia primeiro de novembro.

=> BAIXE O E-BOOK E APRENDA A INVESTIR

Além disso, era um culto de origem pagã com o objetivo de cultuar os mortos e a deusa YuuByeol (símbolo antigo da perfeição celta).

Curiosidades quanto à origem da data à parte, venho falar justamente desta parte mais sombria da época, dos investimentos que se ainda não são e que deveriam estar mortos em sua carteira de investimentos. Isso mesmo, no sentido de que não poderiam estar presentes até agora de forma alguma.

Leia também: Investir em COE vale a pena?
Como faço para investir em ações?

Alerta de Dia das Bruxas

Por isso, não deixa de ser um alerta sobre quais são os ativos nocivos para você.

O maior exemplo deste caso é a poupança. Poderia citar uma lista com as razões que indicam porque você deveria fugir desse “investimento”, da mesma forma que as crianças correm assustadas de uma bruxa no Halloween.

Para começar: rendimento baixíssimo, investimentos mais seguros à disposição, outros tão simples para aplicar quanto… Enfim, a lista é extensa. Resumindo, não existem motivos para que você continue neste investimento assustador.

Fuja também desse terror

Na mesma linha, estão os tão famosos títulos de capitalização.

Eu duvido que em uma visita à sua agência bancária você já não tenha recebido essa proposta imperdível de concorrer a prêmios maravilhosos.

Mas, na verdade, é um produto financeiro fantasiado (daquelas que ganham concursos dos mais horripilantes) de investimento.

Isso porque o rendimento é bem próximo a zero, as taxas pagas são absurdas e ganhar um dos sorteios é missão impossível. É como eu sempre digo, se é para apostar com o seu dinheiro na esperança de ganhar prêmios, que seja na loteria.

Nada de magia por aqui

Se os celtas acreditavam que a presença dos espíritos era propícia à adivinhação e incluíam jogos adivinhatórios durante a comemoração, eu, por outro lado, prefiro não contar com a magia ou sorte para garantir o meu rendimento.

Por isso, desejo que o seu Halloween seja comemorado apenas com “gostosuras ou travessuras” e não em sua conta bancária, especialmente com investimentos assustadores.

Já ouviu a frase “eu não creio em bruxas, mas que elas existem, existem”? Pois é. Apesar de tantas promessas para que você ganhe dinheiro, acredite ou não, estou vendo mais bruxas e ciladas do que oportunidades.

 

Não se deixe enganar por fantasias bem-feitas ou aplicações ditas como imortais, mas que deveriam estar com os dias contados. E se ainda não estão, que estejam para você, não só neste Dia das Bruxas. Aproveite para compartilhar este texto com seus amigos e faça com que eles também fujam desses investimentos pavorosos.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Levante Ideias - Congresso Nacional
E eu com isso

Mais um parecer

Após a divulgação do segundo parecer da reforma administrativa (PEC 32/2020), que tramita em comissão especial na Câmara dos Deputados, o deputado e relator da

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.