Tenha cautela ao investir em ações IRBR3

Ações IRBR3: Por Que a Recomendação é De Cautela?

A IRB Brasil RE é uma empresa privada de capital aberto especializada em resseguro e com atuação, também, no exterior.

Embora seja líder no mercado, a Levante Ideias recomenda cautela ao investir em ações IRBR3.

Quer saber os motivos? Confira o artigo!

Neste conteúdo você verá:

  • histórico da IRB Brasil Re;
  • como está a empresa hoje;
  • o que esperar das ações IRB3?;
  • por que é recomendado cautela ao investir em ações IRBR3;
  • como saber quais as melhores ações para investir.

Histórico da IRB Brasil Re

A IRB Brasil RE foi fundada em 1939. É uma empresa privada de capital aberto, com sede no Rio de Janeiro, especializada em resseguro, com atuação, também, no exterior. 

Em 1996, a companhia passou a ser uma sociedade de economia mista, passando a se chamar IRB Brasil Resseguros S.A.

A companhia é a maior resseguradora do mercado brasileiro, com market share (grau de participação no mercado) nacional de mais de 40%.

A atuação da empresa consiste em oferecer cobertura para diversos tipos de negócios, assumindo o compromisso de indenizar a seguradora quando ocorre prejuízos ocasionados pelas suas apólices de seguros.

A resseguradora atua em 12 áreas de negócio, sendo eles:

  • patrimonial;
  • automóvel;
  • riscos financeiros;
  • habitacional;
  • marítimo;
  • petróleo e gás;
  • responsabilidade civil;
  • transporte;
  • vida e previdência;
  • rural;
  • aeronáutico; e
  • nuclear.

Durante 69 anos, a IRB manteve o monopólio estatal. Em  2007, ela foi sancionada pelo governo a Lei Complementar nº 126/2007, que colocou fim ao monopólio do mercado de resseguros no Brasil, promovendo a abertura do mercado nacional para competição no setor.

Por que é recomendado cautela ao investir em ações IRBR3

Existem alguns motivos pelos quais é recomendado cautela ao investir em ações IRBR3. Isso porque, no início de 2020, a companhia foi destaque no noticiário corporativo, por causa de polêmicas envolvendo a diretoria, tais como:

Squadra Capital – Carta aos cotistas

A gestora Squadra elaborou um estudo analisando o resultado do 4T19 (quarto trimestre de 2019) da resseguradora. Em sua carta aos cotistas de 2019, a gestora “questionou” os lucros apresentados pela companhia. 

As ações da resseguradora chegaram a cair 9,31% no primeiro pregão após a divulgação da carta. A data marcou o início da “queda livre” das ações da companhia. 

Warren Buffett desmente a compra de ações IRBR

Em 27 de fevereiro de 2020, as ações saltaram 9% com a notícia de que a empresa do megainvestidor Warren Buffett, Berkshire Hathaway, havia aproveitado a queda acumulada de 30% no ano para montar uma posição com as ações da resseguradora.

No dia 3 de março do mesmo ano, a Berkshire Hathaway divulgou um comunicado dizendo que “a Berkshire Hathaway não é acionista do IRB atualmente, nunca foi acionista do IRB e não tem intenção de se tornar um acionista do IRB”.

No mesmo dia, após o comunicado, as ações caíram mais de 37%. Como consequência, aconteceu a renúncia do então presidente (CEO) José Carlos Cardoso e do – à época – presidente de finanças (CFO) Fernando Passos (responsáveis por divulgar a notícia falsa). Houve também a renúncia de vários membros do Conselho, inclusive membros do Itaú e Bradesco.

Em função da polêmica envolvendo a carta da Squadra e as notícias falsas divulgadas pela empresa, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) abriu inquérito para investigar possíveis irregularidades envolvendo o IRB.

Em maio do mesmo ano, a IRB demitiu o diretor Paulo Daniel Araújo da Rocha, diretor de controladoria, sob alegação de “fraude em contratos”.

As polêmicas envolvendo a empresa somadas à crise do coronavírus resultaram em uma queda de 76,88% das ações, ante uma valorização de 2,92% do Ibovespa em 2020.

Short Squeeze no Brasil

Em um grupo de Telegram com mais de 40 mil investidores, foi divulgada a seguinte mensagem pelo administrador:

“O objetivo é ver um short squeeze em IRB, mas com um aviso (disclaimer) de que as postagens do canal não representam ordens de compra ou venda das ações”.

No dia 28 de janeiro, as ações IRBR3 tiveram alta de quase 18%, com volume negociado de R$ 1,5 bilhão.

O movimento resultou em uma emissão de alerta da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para o mercado. Embora a CVM não tenha especificado sobre o movimento, disse estar monitorando as movimentações para coibir a prática de short squeeze, alertando sobre as sanções administrativas a que estão sujeitos os praticantes desse movimento.

Foi instaurado uma investigação pelo Ministério Público Federal para apurar se houve crime financeiro nas negociações de ações da IRB.

Como está a IRB hoje?

De acordo com a mensagem da Administração divulgada no Informe de Resultados, o ano de 2021 será um período de ajustes e reestruturação estratégica, visto que a empresa está passando por uma “fase de limpeza”.

Wilson Toneto, CEO interino da companhia, disse que a indústria global de resseguros está crescendo em um mercado difícil, o que significa que as resseguradoras têm conseguido ajustar mais facilmente os preços. Com isso, o IRB tem conseguido aumentar também os prêmios.

A empresa tem atuado também na renovação do portfólio, visando eliminar negócios com margens negativas ou setores em que os riscos assumidos são muito mais elevados que os prêmios recebidos.

O que esperar das ações IRBR3?

A nova gestão deu bons sinais de melhora de governança corporativa e transparência. Depois de confirmar a fraude nas reservas técnicas, a companhia está fazendo o necessário para arrumar a casa com uma série de medidas.

A companhia segue líder em seu setor, e as medidas feitas ao longo do ano mostram comprometimento no turnaround da companhia. Porém, o grande problema da IRB Brasil não é apenas operacional, mas reputacional, e a quebra da confiança é uma ferida que pode demorar a cicatrizar.

Então, reiteramos uma visão cautelosa sobre as ações de IRB, devido ao momento ainda bastante recente de recuperação em que a empresa se encontra.

Como saber as melhores ações para investir?

A Levante Ideias possui a série As Melhores Ações, conduzida pelo especialista do mercado Flávio Conde, que acompanha a Bolsa há mais de 30 anos.

Sua missão é encontrar ações vencedoras com alto potencial de valorização. Funciona assim: Primeiro, Flávio Conde informa a ação que você precisa ter e em que momento comprar. E, mais tarde, diz a hora certa de vender.

Quer saber mais? Conheça agora mesmo a série melhores ações, da Levante ideias!

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Política sem Aspas, por Felipe Berenguer
Política Sem Aspas

Qual Terceira Via? | Política sem Aspas

Expressão largamente utilizada nos noticiários e na política brasileira, especialmente nesta última década, a “Terceira Via” foi consagrada a partir de teoria elaborada por um

Read More »
Levante Ideias - Câmara dos Deputados
E eu com isso

Rumo ao plenário

Na esteira do que antecipamos nesta quinta-feira (23), a comissão especial da Câmara dos Deputados aprovou a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) 32/2020, que

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.